Skip to main content
tímido

O Que é Ser Tímido? Viver Sob a Perspectiva do Medo!

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Tímido

O que falar desse medo que a gente sente de gente? Tímido

É um sentimento paralisante, mesclado com rejeição, onde toda a liberdade oriunda da fluidez da espontaneidade é ofuscada, limitando o indivíduo a viver num casulo onde se fecha, se cala, se sente fora do ninho, como uma estranha peça de quebra cabeça que não se encaixa pois teme por existir.

Por mais que tente, por mais que lute ter um comportamento diferente, não consegue deixar seu ser, sua graciosidade e espontaneidade despontarem, pois o medo de gente, o medo de ser inconveniente a toda hora e momento, o faz ficar ilhado na irracionalidade deste sentimento.

Os tímidos tem sintomas próprios que atenuam seu sentimento de incapacidade.

Nesta ânsia de ser “normal”, de se comportar como “deveria e sonha” um dia, passa por situações bastante estressantes.

Não é incomum o tímido sentir-se, e passar como uma pessoa fora do ar, abobalhado, com sudorese excessiva e alterações cardíacas, sempre que ousa tentar se manifestar.

E cada tentativa dessas quando frustrada, é vivida com um intenso sofrimento de inferioridade e de desigualdade em relação ao seu meio social.

Geralmente têm os pés, mãos e extremidades frias, como uma resposta explicativa de uma dificuldade absurda de promover contatos sociais.

Pouco consegue fazer vínculos, e as extremidades frias mostram a falta de inabilidade de formar e manter uma ligação calorosa.

Sendo qualificada como um medo que o indivíduo tem de outro igual a ele mesmo, a timidez tem variantes que distinguem graus e intensidades de medos, que se são medidos de acordo com o vínculo e a intensidade estabelecida entre e o tímido e este outro não tão distante dele.

Ou seja, o tímido não é tímido o tempo inteiro, nem com todas as pessoas que permeiam sua vida.

É normal o tímido ter medo de ser rejeitado, menosprezado, não aceito por seus pares.

O tímido, mais do que ninguém sente a falta que faz o carinho, a palavra amiga, a aceitação, a afeição dos outros.

Ao perceber afetos positivos em sua direção, o tímido se desarma, como se o medo da não aceitação deixasse de existir, e ele pudesse ficar mais seguro e confiante para expressar melhor o que sente, o seu eu.

Diante de pessoas estranhas, a timidez aparece com mais força.

O tímido desconhece o que está por detrás dessa situação nova, desconhecida, e assim, teme como será recebido.

O medo do que é novo, das situações e pessoas desconhecidas faz com que o tímido sinta um profundo desconforto, como se estivesse com um sinal de alerta ligado, esperando que a qualquer hora alguém possa aparecer para julga-lo e não aceita-lo do jeito que ele é.

Se o tímido se constrange quando se vê em situações novas e com pessoas desconhecidas, sua timidez exacerba em intensidade quando se vê diante de muitas pessoas.

Neste caso, o tímido antes recluso,  admite a necessidade de se expor em público, de se colocar perante os outros, de ser julgado e avaliado por outros.

Por isto é tão difícil o tímido falar em público ou fazer qualquer apresentação que tenha que se expor publicamente.

Sem duvida, vivem cercados por um enorme medo.

Medo de não serem aceitos, medo de não serem amados, medo de que não gostem dele, medo que não o valorizem.

Medos humanos que todos temos.

Medos humanos que todos sofremos, com variações aqui e ali de intensidades, e tudo mais.

Lílian

Para atendimento psicológico online com a Lilian Clique Aqui!

lilian mouraLílian Moura é Psicóloga com especialização em Psicanálise, Terapia Sistêmica de Família e Casal, Neurociência e Filosofia.

Realiza atendimentos individuais para famílias, adultos e adolescentes no Rio de Janeiro/RJ e orientação psicológica online para todo o Brasil.

Contatos via WhatsApp: (21) 981228317

Consultório : (21 )- 25530855

E-mail: lilianmourapsi@gmail.com

Site: http://www.psicanaliseetudomais.com.br

Carlos Costa

Psicólogo (CRP 06/122657), Coach, Empreendedor, Músico e Poeta. Idealizador do projeto O Psicólogo Online que tem por objetivo produzir conteúdo informativo e educativo sobre psicologia, saúde mental e assuntos relacionados, além de prestar serviços de orientação psicológica online.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.