Tempo profissional x tempo pessoal: como saber conciliar as duas coisas trabalhando em casa

Quem trabalha em casa, como no seu caso, em atendimentos online, precisa planejar-se acima de tudo
Time passes, dissolves. Concept of vanishing time.

Trabalhar em casa é o sonho de muitas pessoas. Afinal, há flexibilidade de horários, os custos são reduzidos e é possível dedicar algumas horas do dia para resolver assuntos pessoais.

Contudo, é preciso saber conciliar muito bem os dois temas, para que um não prejudique o outro. Veja como abaixo.

 

A palavra-chave é planejamento

 

Quem trabalha em casa, como no seu caso, em atendimentos online, precisa planejar-se acima de tudo. A organização da sua rotina deve ser feita com muita atenção, para que seja possível conciliar os tempos pessoais e profissionais e atingir prazos.

 

Portanto, planeje seu dia e sua semana, organizando-se preferencialmente de forma escrita. Pode ser online também, mas o cérebro funciona melhor quando as tarefas estão no papel.

 

Defina horas para as suas ações

 

Não está errado resolver um assunto pessoal em horas do dia, afinal, você é quem determina o seu tempo e pode dedicar-se a ele da maneira que achar melhor. Contudo, é preciso definir um cronograma para cada tarefa, uma agenda mesmo, para que os prazos possam ser cumpridos.

 

Todavia, é fundamental não somente definir os prazos, mas também cumpri-los. Se você não respeitar o cronograma, correrá o risco de se perder e não dar conta do que precisa ser feito.

 

Hora para começar e hora para terminar

Uma das desvantagens de ter um escritório em casa é o risco de estar sempre trabalhando. Entretanto, não precisa e não deve ser assim! Como citamos nos tópicos anteriores, é importante elaborar um cronograma e estabelecer horas para as suas ações.

 

Assim, você sabe quantas horas precisa trabalhar e que períodos serão dedicados aos assuntos pessoais. Reserve também um tempo para o lazer e o descanso, que são essenciais.

 

Pense nos imprevistos

 

É claro que nossa rotina não é perfeita e que imprevistos acontecem. É fundamental respeitar o cronograma e as horas predestinadas para as ações, mas obviamente existem assuntos que fogem do nosso planejamento e não há como escapar deles.

 

Por exemplo: filhos doentes. Mesmo que você tenha alguém para cuidar deles enquanto trabalha, é fundamental zelar por sua saúde, até porque a sua concentração estará prejudicada enquanto as crianças não estiverem bem. A saída: planejar uma margem de segurança, não deixar os prazos de entrega do serviço apertados.

 

Preveja dificuldades

Você tem o dia todo para dedicar-se aos seus assuntos? A maioria das pessoas não tem. É outra dificuldade do home office, pois muitos acreditam, erroneamente, que agora você terá mais tempo para dedicar-se à família, para ir ao banco, ao supermercado, etc.

 

Se você tem filhos pequenos, deve saber que a produtividade diminui quando eles estão em casa. São dificuldades que você pode contornar para trabalhar em casa, resolvendo os obstáculos que surgirem.

 

Sugestão: trabalhe mais nas horas em que as crianças estão na escola, ou deixe o lazer para de tarde, junto aos filhos, reservando umas duas horas da noite para o trabalho, enquanto o parceiro cuida deles, por exemplo.

 

Analise sua rotina constantemente

 

Trabalhar em casa não é fácil, mas é totalmente possível. Como você percebeu, algumas estratégias podem ser adotadas para conciliar o tempo profissional e as tarefas pessoais, mas cada um conhece a sua rotina, e as pessoas funcionam de modos diferentes.

 

Então, você pode montar um cronograma e analisá-lo depois de algumas semanas de prática. Se não der certo como você desejou, ações podem ser ajustadas para melhoria do seu dia a dia.

 

Os benefícios virão após a adaptação, porque eles certamente são superiores aos obstáculos. Basta que você tenha disciplina e muito planejamento, e o seu escritório para atendimento online poderá virar realidade!

Leia também: Ciberpsicologia: o que é?

Há braços,

Carlos Costa

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Carlos Costa

Carlos Costa

Psicólogo há 5 anos (CRP-06/122657), coach, empreendedor, músico, poeta e escritor. CEO e fundador do portal e plataforma “O Psicólogo Online”. Através de seus cursos e materias vem contribuindo com a psicologia e com os profissionais psicólogos para uma melhor prática da psicologia online no Brasil e com a valorização da profissão. É criador da plataforma de atendimento online “O Psicólogo Online” que auxilia psicólogos a agendarem e receberem por suas sessões de forma simples e segura e Co-Fundador do Instituto de Terapia Online, que capacita e certifica profissionais para atuarem online de acordo como o CFP.

Artigos recentes