Skip to main content
TDAH em Crianças

TDAH em Crianças: A Mil por Hora ou Devagar Quase Parando?

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

TDAH em Crianças

TDAH em Crianças A Mil por Hora ou Devagar quase parando?

Algumas pessoas percebem que seus filhos são agitados, mas não sabem diferenciar entre algo normal para uma criança e o famoso e tão falado hiperativo.

Aliás, vejo por aí as pessoas usando esse termo como se fosse algo comum e não o nome de um transtorno, mais especificamente o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH).

Muitos pais têm até medo de rotular os filhos, enquanto outros fazem isso sem nem mesmo buscar uma opinião profissional.

Isso tem se tornado perigoso para as crianças, tanto por algumas não apresentarem o transtorno e acabarem rotuladas, quanto pelas que realmente apresentam o transtorno e acabam sendo negligenciadas.

Então, precisamos aprender a diferenciar o que é comum do que é patológico. TDAH em Crianças

Quando o comportamento começa a causar um impacto na vida da criança, tanto acadêmica, quanto familiar e social, podemos ter um sinal de alerta e logo pensar em buscar orientação profissional, seja de um médico neurologista, um psicólogo clínico, um neuropsicólogo, um fonoaudiólogo.

TDAH em Crianças Mas quando o comportamento se dá somente em alguns momentos ou em alguns ambientes ou situações especificas, então talvez, veja bem, eu disse talvez, seja somente algo momentâneo e que pode ser sanado com uma simples intervenção terapêutica e com uma boa orientação aos pais.

Mas caso seu filho se enquadre na primeira possibilidade não precisa ter medo, o tratamento é necessário e só fará bem ao seu filho.

E com certeza fará muita diferença na estrutura familiar e também na forma da escola lidar com essa criança. TDAH em Crianças

Mas vale lembrar que nunca deve ser somente um tratamento à base de medicação, deve-se sempre procurar um acompanhamento completo, uma boa avaliação, uma reabilitação e uma orientação da família.

Pois aprender a lidar com o quadro ajuda a minimizar seus males e quanto antes for feito melhor será.

Leia também: O que é TDAH? Causas, Diagnóstico e Tratamentos

Para aprender a identificar uma criança com TDAH é importante observar seu comportamento nos ambientes, familiar, escolar e social (shopping, casa de parentes, amigos, supermercado, e qualquer outro lugar que costumem frequentar com a criança).

Pois normalmente a criança com hiperatividade vai apresentar a mesma agitação em todos os locais que costuma ir.

Se for uma criança menor, mais ou menos dos 3 aos 7 anos, pode ser comum uma certa agitação,.

TDAH em Crianças Porém se é constante e repetitivo em locais diferentes e praticamente nada prende a atenção de seu filho e ele não consegue ter foco em absolutamente nenhuma atividade, pode ser um indicio importante e é preciso ficar alerta.

Mas calma, preciso esclarecer isso, pois há muitas pessoas que erroneamente pensam que crianças com TDAH não tem foco em nada.

Esse é um sintoma, sim, mas não necessariamente uma regra, pois no transtorno há algo que chamamos de Hiper Foco, que acontece quando algo desperta MUITO o interesse da criança e faz com que ela mantenha sua atenção e concentração voltada para um determinado assunto ou atividade.

Por tanto, é importante saber que os sintomas não são um padrão obrigatório para ter ou não TDAH .

E sim um sinal de alerta e o profissional adequado é que saberá identificar se seu filho está ou não dentro do transtorno.

Ah, mas seu filho não tem nada de hiperativo, muito pelo contrário, é muito lento e parece até desmotivado, ou costuma ficar “desligado” do mundo de vez em quando? TDAH em Crianças

Saiba que esse pode ser um outro tipo de Déficit de Atenção, e exatamente por não apresentar uma agitação constante é que normalmente acaba passando quase que despercebido pelo pais e outros adultos que costumam conviver com a criança, esse é o tipo que acaba sentindo um prejuízo maior na vida adulta, pois muitas vezes tem um rendimento escolar na média.

A avaliação de uma criança com suspeita de TDAH é feita com aplicação de testes na criança.

TDAH em Crianças
TDAH em Crianças: é preciso um bom profissional para se fazer o diagnóstico!

Mas antes disso deve ser feita uma boa entrevista inicial com os pais (anamnese), e a aplicação de escalas de desenvolvimento e de comportamento nos pais é essencial para entender melhor como é a história dessa criança desde a gestação até o momento atual.

TDAH em Crianças Somente com este procedimento é possível levantar todas as informações para constatar se uma criança tem ou não esse transtorno, qual é o tipo que ela tem e assim poder orientar os pais e indicar o tratamento mais adequando.

Muitas vezes durante a avaliação é necessária a atuação de uma equipe multidisciplinar, ou pelo menos o profissional irá indicar a necessidade da criança passar também por avaliação com outros profissionais, como fonoaudiólogo, neurologista, entre outros que podem ajudar a complementar o diagnóstico e dar um direcionamento no tratamento.

Andréa Luccas

andrea-luccasAndrea Luccas é psicóloga clínica e especialista em neuropsicologia, sua grande paixão.

O foco do seu trabalho é a avaliação e reabilitação de pacientes de todas as faixas etárias, desde crianças de 2 anos e meio até idosos de 89 anos.

Além do trabalho na clínica, desenvolve palestras, workshops, cursos e rodas de conversa sobre os mais variados temas ligados à neuropsicologia.

Contato: (11) 985993281 (WhatsApp)

E-mail: contato@psicoandrealuccas.com.br

Carlos Costa

Psicólogo (CRP 06/122657), Coach, Empreendedor, Músico e Poeta. Idealizador do projeto O Psicólogo Online que tem por objetivo produzir conteúdo informativo e educativo sobre psicologia, saúde mental e assuntos relacionados, além de prestar serviços de orientação psicológica online.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.