Skip to main content
solidão

7 Dicas Para Não Se Afundar Na Solidão!

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Solidão

Olá! solidão

Inicio o texto de hoje com a seguinte reflexão: 

“Sentir solidão não é estar só, é estar vazio” (Sêneca)

Segundo o dicionário, a palavra solidão se apresenta como estado de quem se acha ou se sente desacompanhado ou só; isolamento”, ou seja, ela não é necessariamente real, pois a pessoa “se acha” ou “se sente” só, isso não significa que ela realmente está só.

O que então colabora para que a pessoa tenha essa sensação? O que, de fato, está sendo manifesto?

É exatamente esse sentimento de vazio. Solidão

Falando abertamente, não significa que só por que você hoje tem amigos, parceiro, familiares que estão ao seu lado que você não sinta ou não pode sentir solidão. Vamos para um exemplo prático!

Stella namora há quase 5 anos. Seu relacionamento nunca foi visto com bons olhos pela maioria das pessoas que eram próximas a ela, pois diziam que ela tinha mudado muito depois que o conheceu, e para pior. Solidão

Seu namorado, Henrique, gostava muito dela, mas sempre alguns comportamentos o incomodavam. Stella, por ser apaixonada por Henrique, aos poucos foi mudando e deixando muitos hábitos que faziam parte de sua identidade e de sua essência em prol desse relacionamento.

E ela se sentia muito feliz por isso, afinal estava criando um relacionamento perfeito com ele, onde falha nenhuma aparecia, como eles sempre sonharam. Solidão

Stella só não percebeu que a maior falha já estava sendo cometida durante um tempo, que é exatamente deixar de ser ela mesma. Solidão

E hoje, com quase 5 anos de namoro e com o casamento marcado, Stella se sente sozinha e passa a cobrar cada vez mais atenção e amor de Henrique, mas tudo com muito cuidado, pois ela não pode nem imaginar perde-lo.

Essa sensação vai piorando e um esfriamento passa a marcar a relação, mas Stella e Henrique jamais diziam ser um problema no relacionamento e sim dificuldades e preocupações do cotidiano.

Um dia não aguentaram a pressão e resolveram romper a relação, extremamente chateados e desapontados um com o outro. Solidão

Stella sentia-se cada vez mais só e uma dor no peito a acompanhava, ela começou a perceber quão vazia estava e já não sabia mais com o que preencher, pois era difícil dizer até mesmo quem ela era.

Afinal, quem é Stella? Solidão

Quantas Stella’s e quantos Henrique’s não existem por aí? E se Stella tivesse identificado essa sensação de vazio que estava sentindo ainda no início, não poderiam mudar a situação? O que ela poderia fazer para reverter isso? Pensando nisso resolvi listar aqui 7 dicas para ajudar Stella”s e Henrique’s que eu sei que existem por ai!

7 Dicas Para Não Se Afundar na Solidão!

  1. Um primeiro passo para qualquer mudança é o reconhecimento de que ela existe, então comece reconhecendo que esse vazio está aí e reflita como ele pode ser preenchido;
  2. Faça atividades que sempre gostou, mas devido a rotina diária não faz a muito tempo;
  3. Se afaste daquilo que te faz mal, ainda que aparentemente apresente um bem;
  4. Deixe a culpa longe de você! Culpa por não ser capaz de ser amado, culpa por não se aceitar, culpa por ter entrado nessa situação… qualquer culpa, mantenha longe;
  5. Tente desabafar com alguém que confia;
  6. Identifique seus verdadeiros valores;
  7. Procure ajuda profissional. Converse com um psicólogo, ele não está lá para te julgar e sim ajudar.

Encerro esse texto com a mesma frase do início ”Sentir solidão não é estar só, é estar vazio”. Pensando nisso, vale mesmo a pena continuar sentindo esse vazio que a solidão traz, só para dizer que “tem” alguém do seu lado? solidão

Beijos,

Karol

Para Orientação Psicológica Online com a Karol Clique Aqui!

_MG_5231Karoline Lima é Psicóloga (CRP 06/121579), mora na capital de São Paulo, atua na clínica atendendo crianças, jovens e adultos e realiza orientação psicológica online. É palestrante e apaixonada por saúde emocional nas relações.

Contatos:
E-mail – karoline.lima-psi@hotmail.com
Telefone – (11) 94779-3309
Instagran: @karol.limas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.