Skip to main content
Sexualidade na adoescência

Sexualidade na Adolescência: Meu Amigo Mandou Perguntar…

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Sexualidade na Adolescência

DÚVIDAS DE ADOLESCENTES: MEU AMIGO MANDOU PERGUNTAR… Sexualidade na Adolescência

Essa semana fui convidado para ministrar palestra em uma escola da Grande Vitória.

Dentre as perguntas que os adolescentes fizeram, segue algumas que geraram grandes discussões e mostraram muito interesse pelo público que estava presente.

“MEU AMIGO MANDOU PERGUNTAR”… É normal fazer sexo anal na adolescência?

Primeiramente, gostaria de dizer que na sexualidade, não existe normal e anormal! Sexualidade na Adolescência

A prática sexual, não deve machucar ou incomodar física e emocionalmente, os indivíduos envolvidos, sendo assim, desde que tenha prazer, é possível.

Quando pensamos no que é normal, logo pensamos em normas. 

A sexualidade, assim como qualquer comportamento humano, é norteada por padrões sociais, nesse caso, é disseminado que o sexo seja praticado apenas por pessoas adultas.

Sabemos que, na prática isso não é o que vemos no dia a dia, não é? Sexualidade na Adolescência

Os adolescentes têm experimentado a sexualidade, cada vez mais cedo.

Sexualidade na Adolescência Sabemos que as tecnologias têm estimulado em todos os sentidos e os filmes pornográficos, tem sido desencadeadores de pensamentos que tudo o que acontece na telinha, pode ser feito na realidade, aguçando cada vez mais, o imaginário dos adolescentes e estimulando-os a prática sexual.

Recomendo que leia também: Sexo Virtual: Do Prazer à Compulsão!

Algumas moças, objetivando preservar a virgindade vaginal, têm submetido a sexo anal, mesmo com desconforto e dores.

Tudo isso para impressionar as amigas e fazer a vontade do parceiro/namoradinho.

Será que nessas condições é legal? Sexualidade na Adolescência

Sexo tem que ser praticado por prazer e tem que proporcionar prazer e segurança, portanto tem que ser feito com muita responsabilidade, sendo assim: USE “CAMISINHA”!

“MEU AMIGO MANDOU PERGUNTAR”… Beber esperma dá espinha?

Na relação sexual há aumento de temperatura, produção de gorduras e para as pessoas que possuem a tendência a acne, podem aparecer às indesejadas espinhas.

Mas será que beber esperma, de fato pode gerar espinhas?

Esse é um grande mito!

Não causa nenhum prejuízo a saúde, desde que não esteja contaminado com algum vírus sexualmente transmissível.

Estamos em uma época que não é seguro beber esperma, visto que há um grande número de pessoas infectadas com doenças Sexualmente Transmissíveis.

E a ingestão desse líquido contaminado, poderá ser gerador de doenças.

Se esse esperma não tiver contaminado, não é possibilitador de riscos, visto que o esperma é a junção dos espermatozóides que saem dos testículos, com o líquido das vesículas seminais e próstata.

Sexualidade na Adolescência Esses líquidos são compostos de Glicose e Proteínas, sendo assim, um sêmen saudável, não tem propriedades benéficas, muito menos maléficas.

Mas como sabemos se o sêmen é saudável?

Na dúvida, o melhor é se preservar…

Não guarde às dúvidas apenas para você…

Caso o “seu amigo” tenha alguma dúvida, mande sua perguntinha para o e-mail abaixo, que responderemos para vocês.

Juliano Coimbra

julianoJuliano Coimbra dos Santos – CRP 16/3680. 

Psicólogo, Especialista em Sexualidade Humana, Especialista em Gestão Empresarial e de Recursos Humanos, Graduado no Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos.

Atua como Psicólogo Clínico e como Psicólogo na Execução da Medida de Internação Socioeducativa no Instituto de Atendimento Socioeducativo do Estado do Espírito Santo – IASES.

Diretor da JCSPSIC – Treinamento & Desenvolvimento Humano e atua como Professor do Centro de Pós Graduações – CESAP.

Contato: coimbraopsicologoonline@gmail.com

Carlos Costa

Psicólogo (CRP 06/122657), Coach, Empreendedor, Músico e Poeta. Idealizador do projeto O Psicólogo Online que tem por objetivo produzir conteúdo informativo e educativo sobre psicologia, saúde mental e assuntos relacionados, além de prestar serviços de orientação psicológica online.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.