Será que traição vale a pena?

Quando se fala em traição, logo vem na cabeça a traição física, mas existem vários tipos de traição.
traição

Escuto de muitas pessoas essa pergunta: Será que traição vale a pena?

A traição é a quebra de fidelidade prometida e comprometida a outra pessoa.

Antes de uma pessoa envolver-se em uma traição, deve-se ter alguns momentos de reflexão, mas com a razão, porque quando pensamos somente com a emoção, fica mais difícil analisar toda a situação.

Você deve se questionar o que realmente quer para sua vida? Reavalie seus princípios e valores.

Não estou aqui para recriminar ninguém! Mas quero que reflita um pouco nesse assunto.

   Para isso é importante ressaltar alguns pontos antes de entrar numa fria.

 Existem muitas pessoas que se encantam por pessoas comprometidas e ficam na dúvida: Será que devo encarar isso ou não?

Não podemos tampar “o sol com a peneira”, a traição é um assunto complicado e difícil de superar.

A traição retrata muito os princípios de uma pessoa, porque sabemos que não é legal envolver-se com uma pessoa comprometida.

Escuto muito as pessoas dizerem que não tem problema, não tem amor, é só uma pegação. Então as questiono, por que trair?

Qual a finalidade disso? Onde você acha que isso irá dar? Jamais brinque com seu coração, não o desafie, você será a maior vítima desse sofrimento.

 Não podemos ignorar que ser amante tem prazo de validade, ou seja, fatalmente chegará ao fim, mais cedo ou mais tarde. É muito raro, alguém terminar um relacionamento para assumir seu amante. Não se engane com as falsas promessas!

   Esse engano pode levar a pessoa não se enxergar nesse papel de ser a outra da relação.

O melhor mesmo é ficar somente no amor platônico, que é aquela relação afetuosa que idealizamos. Quem nunca!?

É um amor praticamente impossível e não é correspondido. Isso evita a traição, mas cuidado, para não ficar vivendo nessa idealização, imaginando como seria essa relação. Com isso você pode estar traindo a si mesma. Como assim?

Você estará se privando de ir em busca de pessoas disponíveis, encantadoras para desfrutar de um relacionamento amoroso saudável.

 Ah! Como é bom e gostoso, quando conhecemos alguém que esteja realmente disponível, com sentimento recíproco para uma nova relação.

Sempre falo que temos que cultivar nosso relacionamento, alimentando esse amor como uma plantinha, porque só o amor não resiste a nenhum relacionamento amoroso, tem que ter entrega mútua.

Este relacionamento tem que crescer junto com o casal, cada um fazendo a sua parte, com muito amor, admiração, capacidade de negociar e saber organizar a rotina que faz parte de qualquer relacionamento, mas o que importa é como será vivenciado esses momentos.

 Sugiro que antes de envolver-se em uma traição, use e abuse da empatia, que é a capacidade de colocar-se no lugar do outro tanto racional como emocionalmente.

Vá em busca de pessoas solteiras. Acredite! Existem pessoas incríveis e disponíveis para viver um lindo relacionamento amoroso de forma saudável. Vice merece!

Quando se fala em traição, logo vem na cabeça a traição física, mas existem vários tipos de traição.

A traição é tudo que você faz sem o conhecimento do seu parceiro e pode ser física, virtual, emocional e até financeira.

Temos a traição emocional que machuca muito, é altamente dolorosa, dá aquela dor no peito, uma sensação de angústia incontrolável, mágoa vai amargurando e a pessoa perde a força emocional.

Você deve estar se perguntando: Existe traição financeira? Sim, a traição financeira é a que mais causa separação entre os casais, porque além de ser uma traição financeira, é também uma traição emocional.

 Às vezes, a pessoa está planejando algo, como fazer uma viagem ou comprar um imóvel, criando sonhos e o outro de repente desmorona este sonho.

Recomendo ter muito diálogo e fazerem acordos para não ocorrer esta infidelidade financeira.

Você conhece alguma pessoa que se relaciona com mais pessoas ao mesmo tempo? Pois é!

Existem pessoas que não conseguem ficar apenas em um relacionamento, ficam com duas ou mais pessoas ao mesmo tempo. Essa é a tal da traição compulsiva.

 E quais são as características de um traidor compulsivo? É aquela pessoa que sempre trai, não consegue ficar somente com uma pessoa.

Tenha cuidado! Porque essas pessoas são encantadoras e manipuladoras. Sente-se poderoso de enganar o outro e não faz críticas construtivas.

 Esse traidor tem o dom de enganar, levando o outro a ter uma fixação por ele. Está sempre brincando com a autoestima do outro, fazendo você sentir-se o melhor do mundo, mas sempre está preparado para dar o bote, puxar o seu tapete.

Outra traição muito comum é a traição virtual, as redes sociais e o uso excessivo do celular são os grandes vilões desse tipo de traição. É motivo de grandes brigas entre os casais.

A traição sempre dói, o traído fica muito ressentido e remoendo essas amarguras que a traição traz.

Mas será que o traidor sofre? Alguns sofrem, porque ele traiu e arrependeu-se, mas não tem o seu próprio perdão, acarretando em vários pensamentos negativos e grandes ressentimentos.

 Afinal, não existe nada melhor que você colocar a cabeça no travesseiro e dormir com a mente tranquila, sem aquele anjinho mau falando no seu ouvido a todo momento.

E o parceiro deve perdoar? Muita calma nessa hora!

 Analise bem a situação antes de tomar qualquer decisão, reflita com a razão, não deixe só a emoção, seu coração decidir.

Vale ressaltar que você tem que pensar muito bem antes de perdoar uma traição, agora é a hora de olhar para si.

Pense: O que será que não estou fazendo nessa relação? Será que estou ausente? Será que deixei espaço para que essa traição ocorresse?

Caso tenha resolvido perdoar a traição, aprenda a virar essa página para trás.

Você consegue realmente virar essa página do seu passado? Sem ataques?

Qual o sentido de perdoar essa traição e ficar jogando na cara da outra pessoa essa traição?

Para perdoar isso, deve-se estar disposto a reverter essa situação, aprender a reconstruir essa relação amorosa e fazer novos acordos e contratos para essa união

A psicoterapia ajuda muito nesse processo de superação de uma traição. Pense nisso!

Leia também: Não é o Amor Que Sustenta o Relacionamento? Descubra Aqui!

Paula Espíndola é psicóloga clínica CRP 06/50889. Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional. Experiência em atendimentos sobre quaisquer relacionamentos, principalmente os relacionamentos amorosos.

Respondendo dúvidas no Canal do Youtube PAULA ESPÍNDOLA PSICÓLOGA sobre relacionamentos feita através das redes sociais, a seguir:

http://insightpsique.com.br

https://www.insightpsiqueonline.com.br/

https://www.facebook.com/Insightpsique/

https://www.instagram.com/paulaespindolapsicologa

https://www.youtube.com/channel/UCsAhzuEEAIuXFRt4Uymn6sg   

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Carlos Costa

Carlos Costa

Psicólogo há 5 anos (CRP-06/122657), coach, empreendedor, músico, poeta e escritor. CEO e fundador do portal e plataforma “O Psicólogo Online”. Através de seus cursos e materias vem contribuindo com a psicologia e com os profissionais psicólogos para uma melhor prática da psicologia online no Brasil e com a valorização da profissão. É criador da plataforma de atendimento online “O Psicólogo Online” que auxilia psicólogos a agendarem e receberem por suas sessões de forma simples e segura e Co-Fundador do Instituto de Terapia Online, que capacita e certifica profissionais para atuarem online de acordo como o CFP.

Artigos recentes