Por que um psicólogo deve ter um site?

Assim como outros profissionais, o psicólogo deve ter um site. Você gostaria de saber os motivos? Não deixe de ler o artigo de hoje.
Businessman Working Ideas Creative Workplace Concept

É importante que os psicólogos, assim como os demais profissionais, tenham um site. Você sabe o porquê?

Se não, ou se gostaria de receber mais informações sobre o assunto, continue a leitura do texto a seguir.

 

Fundamental para o marketing de conteúdo

Como você consegue pacientes hoje? Por indicação de outros pacientes? Por recomendação de empresas? Por anúncios em sites específicos? Banners, panfletos e cartões de visita?

Pode ser por todas essas formas e por mais, pelo marketing digital.

O marketing digital, especialmente a estratégia de marketing de conteúdo, é fundamental para profissionais autônomos, como psicólogos.

Afinal, pode atrair pacientes. Mas não somente atrair, como também proporcionar conhecimento a eles.

 

Agregue valor à audiência

Você pode agregar valor à audiência pela internet, aliando conhecimento relevante à atração do público. Como?

Pela publicação de conteúdo de sua área, que forneça aprendizado ao mesmo tempo em que cativa o paciente. Por vídeos, textos, imagens, textos mais imagens, etc.

Esse conteúdo pode ser publicado em redes sociais, no blog ou no site.

E por que não nos três? Você pode também publicar conteúdo nas mídias mais informais, como blog e redes sociais, e direcionar à audiência ao site, que é mais formal, ao final da explanação.

Ou então, publicar conteúdos no site, com trechos nas redes sociais e no blog, direcionando ao site para leitura completa.

São várias possibilidades. Assim, a pessoa não somente recebe conhecimento, mas também sabe que você pode ajudá-lo em suas dores, e consegue marcar um atendimento pelo site sempre que desejar.

Por que ter um site?

Está certo que você pode ter um blog e/ou perfis em redes sociais para publicação do marketing de conteúdo, mas o site deve ser o seu instrumento principal de trabalho online.

Ou seja, é lá que você publicará informações formais, inclusive sobre a sua formação e o seu consultório, como missão, visão, valores e a história de cada um, resumidamente.

O site é o instrumento formal de trabalho, onde também constarão os meios para o paciente entrar em contato.

Porém, como dissemos, ele pode ser utilizado também para agregar valor, para atrair o consumidor sutilmente. É muito mais do que um cartão de visitas digital.

Você também pode, pelo site, construir uma lista de contatos para alimentação de conteúdo via e-mail marketing.

Isto pode ser feito pelo fornecimento de um material mais elaborado, totalmente gratuito, em troca dos seus dados pessoais (nome completo, e-mail, endereço e telefone, por exemplo).

 

Excelente custo/benefício

Além de atrair a audiência e fornecer aprendizado ao paciente, o site, assim como as outras estratégias de marketing digital, possui excelente custo/benefício.

Afinal, mesmo você precisando investir em um domínio de hospedagem, sairá muito mais em conta do que pagar para produzir panfletos, outdoors, anúncios em periódicos especializados, entre outros.

 

O investimento será extremamente recompensador

Esperamos que você tenha se convencido de que vale a pena ter um site, porque, como citamos:

 

– é o local digital onde estarão concentradas todas as informações sobre você e seu consultório, como dados de contato, formação, fotos, biografia, serviços prestados;

– será possível publicar conteúdo relevante ao consumidor, diretamente do site ou pelo direcionamento de blog e redes sociais;

– além de fornecer aprendizado à audiência, o marketing de conteúdo feito por sites pode trazer mais pacientes para o seu consultório;

– traz excelente custo/benefício para a sua clínica, quando a estratégia é comparada com as tradicionais.

Também gostaria de explanar que o site é um investimento de agora, mas que perdurará enquanto durar a sua atuação como psicólogo, demandando apenas atualizações frequentes.

Com ele, você amplia as suas possibilidades, e também a dos pacientes.

Valerá muito a pena, acredite, afinal de contas, suas redes sociais, não são de sua propriedade e podem deixar de existir e você perder tudo, o seu site é só seu, e o conteúdo que você postar lá, estará disponível por todo o tempo que desejar.

Leia também: Ferramentas de marketing digital que um psicólogo pode utilizar

Há braços,

Carlos Costa

 

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn