Skip to main content
o que é ser normal

O Que é Ser Normal? De Gênio e Louco Todo Mundo Tem Um Pouco!

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

O que é Ser normal?

Vamos falar sobre o que é ser normal?

E será que existe realmente ser normal?

Muitas vezes o normal para um é completamente anormal para o outro, não é mesmo?

Para algumas pessoas “ser normal” é sinônimo de ausência da doença, ausência de sintomas ou sinais de doença.

Outros consideram “normal” o bem-estar.

Como a (OMS) Organização Mundial da Saúde (1946) que definiu saúde como um bem-estar físico mental e social e não somente a ausência de doença.

E o que dizer da situação que vivemos em nosso país?

Do comportamento das pessoas? O Que é Ser Normal

Pode-se dizer que são normais ou não?

Para alguém ser tido como normal deve seguir os mesmos padrões sociais, os mesmos gostos, posições e opções?

E será considerado anormal se tiver alguma doença, transtorno ou pensar diferente?

Recomendo ler também: Transtorno Mental: Saiba Como Não Sustentar Pré-conceitos!

Uma criança mais agitada, já é classificada como anormal, às vezes pelos próprios pais e rotulada claro, como TDAH.

Não seria normal uma criança estar experimentando, vivendo, brincando?

Onde fica a infância livre?

O Que é Ser Normal Claro, que existem exceções, mas o que vemos atualmente são mais rótulos e menos exceções.

A escolha sexual, a escolha da profissão, o corpo humano, tudo está no mesmo pacote e pode ser considerado “normal ou anormal”.

Depende do ponto de vista de cada pessoa. O Que é Ser Normal

As pessoas pensam diferente, tem posturas diferentes, o que não quer dizer que são loucas ou anormais, apenas que pensam diferente dos demais.

O que é ser normal? Não é porque você pensa diferente que você é anormal!
O que é ser normal? Não é porque você pensa diferente que você é anormal!

E agora pergunto: será que os chamados “loucos”, ou anormais, não estarão mais certos que os “normais”?

O que eles pensam não fará mais sentido?

Porque apenas uns estão certos e detêm a verdade?

Repito: o que é bom, o que faz bem, é normal para uns e para outros pode ser horrível!

Vamos respeitar o direito do outro olhar diferente! O Que é Ser Normal

Você sabia que algumas pessoas que tem transtorno mental muitas vezes se “escondem” em seus delírios justamente para fugir da realidade?

O que pode ser para eles muito pior, dura e insensível.

E nesse caso, o que seria o mais normal? O que seria o indicado?

E quando me refiro a essa fuga da realidade ela pode estar relacionada por exemplo com:

o abandono pelas pessoas que amam, ser excluído, ser rejeitado…

E quantas pessoas ditas normais que cometem erros ferindo pessoas, causando dor e sofrimento?

E os políticos, os quais são tidos como normais?

O que dizer nesses casos?

Ser feliz 100% do tempo é ser normal, ao contrário é depressão.

Como assim?

Quer dizer que uma pessoa não tem o direito de ter momentos tristes?

Percebo que existe uma banalização com questões de saúde mental, o que prejudica gravemente a sociedade!

Onde se entende que pessoas diferentes deveriam ser tratadas com medicação “para ver se mudam”!

E o se conhecer, o se respeitar é excluído!

Trago todas essas questões para que reflitamos sobre o que chamamos de normal e anormal.

Para que se pense mais antes de se referir as pessoas utilizando estes termos.

Que as pessoas se permitam sofrer, ser feliz, ser diferente, pensar e agir de acordo com o que pensam, acreditam ou sentem.

Sem serem rotuladas como “normais ou anormais”!

As pessoas não devem ser excluídas pelo que são, pelas suas escolhas, por um transtorno, uma doença que tenham.

O Que é Ser Normal Em primeiro lugar precisamos respeitar cada ser humano, sem rótulos, sem diferenças.

Afinal de contas, o “ normal” nem sempre é comum as demais pessoas.

“A melhor forma de perceber quem é o normal e quem é o anormal é perceber o que fazem quando fecham os olhos. Há pessoas que quando fecham os olhos é para dormir: essas são as normais. E há pessoas que quando fecham os olhos é para sonhar: essas são as anormais”.

             Pedro Chagas Freitas – Escritor- Portugal

Daniela da Silva!

Para atendimento psicológico online clique aqui!

Transtorno mentalDaniela da Silva – Psicóloga com Orientação Psicanalítica (CRP 07/23218). Atua nas cidades de Cachoeirinha e Gravataí/RS, como Psicóloga Clínica e também palestrante.

Atendimento direcionado para familiares de pessoas que tem esquizofrenia; relações familiares- pais e filhos.

Email: [email protected];

Facebook: Psicóloga Daniela da Silva

Instagram: psicologa_danieladasilva;

Tel/WhatsApp: 51-84059491;

Blog: www.alemdaesquizofrenia.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.