Skip to main content

O Que é Ortorexia? Um Transtorno Mascarado de “vida saudável”

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Você sabe o que significa obcecado? Pois bem, essa é a palavra que define a pessoa que sofre de ortorexia nervosa.

Ortorexia é um termo utilizado para um dos distúrbios do transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e está relacionado com a preocupação excessiva em ingerir alimentos saudáveis, muitas vezes levando as pessoas a fazerem restrições ou reduções dietéticas por conta própria.

Os ortoréxicos desenvolvem regras alimentares por conta própria, ou seja, sem supervisão de um profissional de nutrição e, gastam um grande período de tempo para cumprir tudo o que estipulou a si próprio em relação à sua alimentação.

Leia Também: Transtornos Alimentares: A Conturbada Relação com a Comida e Com a Imagem Corporal!

Vamos entender melhor a Ortorexia:

A primeira discrição de um caso de Ortorexia foi escrita pelo Dr. Steve Bratman em 1997 – “Plano dietético auto-imposto, seguido de obrigação de planear as refeições com dias de antecedência.

Ortoréxicos costumam ter consigo, “kits de sobrevivência” da sua própria alimentação para quando saem, para que não se permitam comer alimentos disponíveis por medo da procedência, da gordura, dos açúcares, condimentos ou quaisquer outros alimentos que não sejam naturais.”

Doentes de Ortorexia nervosa, tendem a dividir em sua mente, por critérios próprios, alimentos livres e proibidos. Caso saiam da sua programação, experimenta uma sensação intensa de culpa, como se fosse um indivíduo corrompido e digno de ser “castigado” com regras próprias de restrição alimentar e abstinência. Eles costumam se sentir superiores às pessoas que não são capazes de semelhante autocontrole.

Embora a ortorexia não seja considerada um transtorno alimentar, tem as características de comportamento alimentar, muito parecido com o comportamento de pessoas que sofrem de anorexia nervosa ou bulimia nervosa (que são transtornos alimentares).

A diferença entre esses transtornos é que anorexicos e bulímicos, se preocupam com peso e calorias ingeridas; enquanto que os ortorexicos sentem preocupação excessiva apenas com a qualidade dos alimentos que consomem.

Entenda a Ortorexia
Entenda a Ortorexia

Porque a ortorexia é prejudicial?

O TOC por si só, já possui a característica de afetar as relações sociais e afetivas do indivíduo. No caso da ortorexia, a pessoa fica tão obsessiva sobre os componentes que não pode conter em sua comida, que acabam deixando de sair ou, tornam a dieta, a parte mais importante de suas vidas.

Como saber quando deixamos de ter prazer em ter uma vida saudável?

Para comprovar se alguém tem em mente alimentar-se de forma saudável, ou se está obcecado com o assunto, sugere-se que  leia o “Teste de Bratman para a ortorexia”.

O Teste de Bratman consiste em 10 perguntas que identificarão que o comportamento está saindo do âmbito saudável. São elas:

  • 1 – Você passa mais do que 3 horas por dia a pensar na sua dieta?
  • 2 – Você planeia as suas refeições com vários dias de antecedência?
  • 3 – Você considera o valor nutricional dos alimentos mais importantes do que o prazer de os comer?
  • 4 – A sua qualidade de vida degradou-se quando melhorou a sua qualidade alimentar?
  • 5 – Nos últimos tempos tornou-se mais exigente consigo próprio?
  • 6 – A sua autoestima fica reforçada quando você se alimenta de forma saudável?
  • 7 – Você deixou de comer alimentos de que gostava por não considera-los “saudáveis”?
  • 8 – Você considera que comer fora de casa é um problema e isso te afasta da família e amigos?
  • 9 – Você se sente culpado quando não come como planejou ou, quando sai da dieta?
  • 10 – Sente-se em paz consigo e acredita que tudo está sob controle quando come saudável?

Caso tenha respondido SIM à pelo menos 4 questões, fique alerta… você está manifestando alguns sintomas e isso só tende a se agravar.

Procure relaxar mais, resgatando o prazer em comer, sem neuras. Neste caso, as técnicas de Mindful eating poderão te ajudar (escrevi sobre elas nestes posts – (1 – Mindful eating o que é? | 2 – Compreendendo o Mindful eating).

Quais são as causas da ortorexia?

Somos bombardeados diariamente com verdadeiro terrorismo nutricional…

Diariamente a gente descobre novas informações acerca do que é considerado alimento “mocinho” ou “vilão”; somos altamente influenciados pelo que lemos e ouvimos e, os temores relacionados à alimentação, tornam nossos comportamentos alimentares muito complexos.

As nossas decisões começam a ser pautadas no medo e o resultado disso está longe de ser uma atitude equilibrada e saudável.

Tratamento

Caso identifique o problema, é imprescindível que procure ajuda de um profissional, imediatamente! Preferencialmente um psicólogo e uma nutricionista da abordagem comportamental.

Essa doença não é tão popular, porque se esconde nas escolhas de um “estilo de vida”, mas, acredite – ortorexia pode ter o potencial igualmente sério para a saúde, que outros transtornos alimentares, pois está envolto de problemas semelhantes de controle de comportamento em relação aos alimentos, conforme os outros transtornos alimentares.

Sendo assim, sem dúvida alguma, a pessoa irá precisar de alguma intervenção profissional para ultrapassar o problema.

Bom, por hoje é isso… caso queira se aprofundar mais no tema, acesse a fonte de pesquisa no final desta postagem.

Com amor,

Cintia Milanese

Cíntia MilaneseCíntia Milanese é Empreendedora Digital, Consultora de Negócios e Graduanda em Psicologia. Adora dividir seus aprendizados e trocar experiências à respeito de autoconhecimento

Blog: www.cintiamilanese.com.br |Canal:http://goo.gl/lo9P5m
Instagram >> Twitter >> Facebook >> Snapchat: @cintiamilanese

Fontes de Pesquisa:

1 – http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732011000200015, que trás uma análise comparativa da ortorexia com o transtorno alimentar.

2 – Bartrina JA. Orthorexia or when a healthy diet becomes an obsession. Arch Latinoam Nutr. 2007;57(4):313-5.

3 – Catalina Zamora ML, Bote Bonaechea B, García Sánchez F, Ríos Rial B. Orthorexia nervosa. A new eating behavior disorder? Actas Esp Psiquiatr. 2005;33(1):66-8.

4 – Um site dedicado ao tema (inglês) – http://www.orthorexia.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.