Skip to main content
Sintomas de ansiedade

O Que é Ansiedade? causas, sintomas e tratamentos.

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Ansiedade

O conceito de ansiedade remete a diversas definições, dentre elas encontramos: relação com contexto de perigo, perturbação no corpo ou na mente causados pela incerteza do que pode acontecer, aflição, angústia, etc.

Agora se pensarmos a ansiedade dentro de seus preceitos técnicos científicos ela pode ser algo que em alguns momentos pode nos beneficiar, e em outros momentos pode nos prejudicar, isso vai depender das situações em que a ansiedade ocorre.

Continue lendo este artigo e saiba mais sobre o que é a ansiedade, as causas, e os tratamentos.

Vejamos um bom exemplo, se você está em uma festa e nessa festa começa uma briga, você fica ansioso, impaciente, inquieto, e tem como reação sair deste lugar, pois algo pode lhe acontecer, nesse caso a ansiedade é benéfica.

A ansiedade é algo que faz com que as pessoas entrem em ação, mas em excesso ela pode se tornar patológica, ou seja, um estímulo que ao invés de beneficiar, acaba prejudicando a pessoa.

Quando a ansiedade aparece em excesso ela não move a ação, ela faz o contrário, deixando a pessoa sem reação, é nesse momento que a ansiedade torna-se prejudicial.

Conheça o programa MENTE EM EQUILÍBRIO e livre-se da ansiedade!

Ansiedade

Podemos tomar como exemplo, uma pessoa que não dirige o carro porque fica extremamente ansiosa com a  simples ideia de dirigir, nesse caso a ansiedade é prejudicial a pessoa, se essa for uma pessoa que precisa dirigir é claro.

A ansiedade pode ser considerada como um afeto desagradável, uma inquietação, que a grande maioria das pessoas percebem mais fisicamente do que psiquicamente.

Segue abaixo as queixas mais frequentes em relação a ansiedade.

 Autonômicas (que agem sozinhas):

  • taquicardia (aceleração dos batimentos cardíacos)
  • vasoconstrição (diminuição do calibre dos vasos sanguíneos)
  • sudorese (suor excessivo)
  • aumento do peristaltismo (incômodo no estômago)
  • taquipneia (respiração rápida e curta)
  • piloereção (ereção do pelo ou cabelo)
  • midríase (dilatação da pupila)

Musculares:

  • dores
  • contraturas
  • tremores

Respiratórias:

  • sensação de afogamento
  • sufocação

Psíquicas:

  • tensão
  • nervosismo
  • mal-estar indefinido
  • apreensão
  • insegurança
  • dificuldade de concentração
  • sensação de estar “no limite”
  • despersonalização e desrealização (ruptura com a personalidade).

Leia também: O que é Depressão? Causas, Sintomas e Tratamentos.

O Que Causa a Ansiedade?

Os transtornos de ansiedade são doenças diretamente associadas a experiência de vida das pessoas e estão ligadas ao funcionamento do corpo e mente.

Na maioria das vezes a ansiedade aparece devido a alguma experiência desagradável na vida da pessoa.

Por exemplo, uma pessoa que recentemente recebeu a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e ao sair para dirigir pela primeira vez sozinha se envolve em um acidente.

A partir dessa experiência pode ser que a pessoa passe a ficar ansiosa toda vez que pense em dirigir novamente, isso por conta da má experiência que teve ao dirigir pela primeira vez sozinha. 

A pessoa que sofre de ansiedade pode se sentir ansiosa a maior parte do tempo sem nenhum motivo aparente ou pode ficar ansiosa apenas de vez em quando, mas de forma tão forte que acaba interferindo em seu cotidiano, pois a sensação pode ser tão desconfortável, que para fugir dessa sensação a pessoa deixa de realizar tarefas simples como pegar um elevador ou dirigir um automóvel (como citado anteriormente).

Sintomas de Ansiedade

Quando a ansiedade está em nível patológico ela apresenta sintomas intensos, e interfere no cotidiano da pessoa, impedindo ela de realizar suas tarefas e é diferente daquela ansiedade comum do dia-a-dia, como por exemplo a ansiedade que as pessoas sentem antes de entrar para uma entrevista de emprego ou antes de começar o show daquela banda que tanto aguardava.

Os sintomas geralmente aparecem como:

  • Tensão antes ou após uma situação muito difícil.
  • Falta de controle sobre atitudes e pensamentos.
  • Medo exagerado de passar vexame ou vergonha em público.
  • Medo exagerado de alguma situação ou objeto.
  • Sensação contínua de que a qualquer momento um desastre ou algo muito ruim pode acontecer.
  • Preocupações exageradas com a família, trabalho, dinheiro, saúde, estudos, etc.

Tratamentos para Ansiedade

É a partir de um diagnóstico realizado de maneira cuidadosa que se inicia um tratamento para transtorno de ansiedade e deve-se levar em conta a objetividade (corpo) e a subjetividade (mente) envolvidas nesse processo.

Os três principais tratamentos para ansiedade são:

#1 –  A psicoterapia com psicólogo ou médico psiquiatra.

Na grande maioria das vezes a ansiedade é causada por conflitos psíquicos, por isso é muito importante a psicoterapia.

Sendo assim, o primeiro ponto a ser abordado é o de ampliar a consciência do paciente a respeito de sua postura perante os problemas da vida diária, ou seja, como ele está dando conta da vida, o que ele faz em relação às demandas que a vida lhe impõe.

Dessa forma a pessoa pode perceber onde ela pode estar errando ao lidar com esses problemas e como ela pode estar fazendo de coisas mínimas uma grande catástrofe em sua vida.

Revertendo esse tipo de pensamento, a pessoa passa a ter recursos eficazes para lidar com a ansiedade. 

Para saber mais sobre os benefícios da psicoterapia clique aqui!

#2 – O medicamento com acompanhamento médico.

Atualmente existem diversos tipos de medicamentos que podem reduzir e controlar o nível de ansiedade das pessoas, o medicamento é importante, porém ele sozinho não é totalmente eficiente, ele apenas alivia os sintomas físicos, mas o que você realmente precisa trabalhar é o seu psíquico, que por vezes é deixado de lado, quando se usa apenas o medicamento sem a psicoterapia.

#3 – A combinação dos dois anteriores (Psicoterapia e Medicamento).

Este é o modelo ideal de tratamento para a ansiedade, o medicamento vem para amenizar os sintomas enquanto a psicoterapia vai trabalhar as causas, os motivos pelos quais a pessoa se tornou ansiosa e com o tempo a pessoa pode deixar de tomar os medicamentos.

Grande parte das pessoas que seguem esses tratamentos citados acima, em poucas semanas sentem uma melhora significativa e retornam a suas atividades diárias.

Por conta disso, se você sofre de ansiedade ou conhece alguém que sofra, é importante buscar ajuda especializada, através do SUS por meio da Atenção Primária (postos de saúde) ou procure um especialista psicólogo, médico ou psiquiatra.

Para que o tratamento seja eficaz é preciso ter paciência, pois na maioria das vezes é um tratamento a longo prazo, mas que pode trazer benefícios muito relevantes para as pessoas que sofrem desse transtorno.

Para Atendimento Psicológico Online Clique Aqui!

Leia também: O que é TDAH? Causas, Diagnóstico e Tratamentos

Carlos Costa

Psicólogo (CRP 06/122657), Coach, Empreendedor, Músico e Poeta. Idealizador do projeto O Psicólogo Online que tem por objetivo produzir conteúdo informativo e educativo sobre psicologia, saúde mental e assuntos relacionados, além de prestar serviços de orientação psicológica online.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.