Skip to main content
Idoso com Alzheimer

Idoso Com Alzheimer: Quais os Sintomas e Como Cuidar? Veja Aqui!

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Idoso Com Alzheimer

A vovó esqueceu a luz  acesa de novo, ela não comeu de novo e nem tomou seu remédio, esqueceu de pagar a conta e agora vive me chamando por vários nomes, mas  não lembra o meu, deve tá “caducando”.

Parece familiar para você este diálogo ou já viu alguém dizendo isso de algum familiar, que ele deve estar “esclerosado” ou “caduco”? Idoso Com Alzheimer

Pois bem, criamos um rótulo um tanto pejorativo para nos referirmos a perda da memória pelos idosos, porém eles não estão caducando, como popularmente se diz de alguém que está esquecido, seu familiar pode estar com os primeiros  sinais de uma doença chamada ALZHEIMER.

O Alzheimer ou Mal de Alzheimer, foi diagnosticada por um médico alemão chamado Alois Alzheimer em 1907, no qual se caracteriza por uma doença degenerativa, sendo considerada uma demência, acometendo a população idosa. Idoso Com Alzheimer

Por isso o estigma de ser uma doença sênil, ou seja, de idosos, mas também pode ocorrer em alguns casos raros abaixo dos 60 anos e esta doença tem como sua principal característica a perda da memória e degeneração dos neurônios, que são as células nervosas.

Primeiro vamos entender para que servem os neurônios e qual a importância deles na nossa vida.

Nosso cérebro é um sistema complexo, e os neurônios são células nervosas capazes de transmitir impulsos nervosos que ajudam o ser humano em várias áreas, através de trocas chamadas de sinapses. Idoso Com Alzheimer

Idoso com Alzheimer
Idoso com Alzheimer

Parece um tanto complicado não é mesmo?

Mas imagine que tudo, tudo que você no dia a dia os neurônios auxiliam, desde a leitura de um livro, a lembrança de uma determinada música etc. Esses são alguns exemplos simples para que você entenda a importância dos neurônios na nossa vida.

Mas agora imagine, que com o passar dos anos, eles vão degenerando progressivamente, dia após dia, como se fosse envelhecendo. Idoso Com Alzheimer

Isso vai atrapalhando a qualidade de vida de quem é acometido por esta doença, começam os pequenos esquecimentos, lapsos de memória, as funções cognitivas vão sendo comprometidas, já não é possível fazer atividades do  dia a dia, até chegar numa fase mais avançada que o indivíduo fica totalmente dependente, podendo ficar até acamado.

Existem várias fases do Alzheimer, desde a fase leve, moderada e grave ou severa :

Fase leve Idoso Com Alzheimer

  • Lapsos de memória, que são os pequenos esquecimentos, que não comprometem o dia a dia do paciente, mas que chamamos de perda da memória anterógrada (memória recente), sintomas depressivos, e comportamentos agressivos em alguns casos;

Fase moderada Idoso Com Alzheimer

  • Perda da capacidade cognitiva, já não conseguem lembrar de informações, perda da atenção, concentração, fala comprometida e dificuldade para expressar e compreender, causando prejuízo para o indivíduo, dificuldade de higiene pessoal, dependência, irritabilidade, pensamentos desconexos (sem sentido), podem ouvir vozes,  além de comprometimento na sua qualidade de vida.

Fase Severa Idoso Com Alzheimer

  • O paciente encontra-se em um quadro mais severo e degenerativo da doença, podendo até ficar acamado, perdendo totalmente a fala, com prejuízo na capacidade de raciocínio, linguagem, atenção e orientação.
  • Dificuldade para engolir, comprometimento severo na memória retrógrada( memória antiga), incontinência urinária e fecal, necessitando de cuidados integrais à sua saúde.

O Mal de Alzheimer é uma doença devastadora e progressiva, vai acometendo o indivíduo gradativamente, além de toda a família estar comprometida com os cuidados ao familiar, causando adoecimento psíquico e psicológico para os cuidadores.

Aceitar que seu familiar, não consegue mais executar tarefas simples, o chama constantemente de “mamãe”, “papai”, mesmo você sendo filho(a) de seus pais, é muito doloroso, difícil e triste.

É necessário fazer um acompanhamento psicológico para todos os familiares, pois o primeiro caminho é a quebra do preconceito gerado pela doença, a aceitação que seu familiar precisa de cuidados e que isso não é apenas um esquecimento e nem tão pouco que ele está “gaga”.

Idoso Com Alzheimer Por último é preciso muita dedicação, paciência e se puder uma interação de toda a família pois existe uma sobrecarga muito grande do cuidador principal, exigindo dele um cuidado muito maior.

Idoso com Alzheimer
Idoso com Alzheimer

Ao perceber os primeiros sintomas em seu familiar procure ajuda profissional de um psiquiatra, neurologista, ou um geriatra que podem fazer o diagnóstico.

E o psicólogo pode avaliar e estimular as funções cognitivas através de exercícios e testes específicos, necessitando de um acompanhamento multiprofissional e em alguns casos com um Terapeuta Ocupacional (T.O).

E para finalizar o que pode ser feito para prevenir ou atenuar o Alzheimer em nossas vidas.

Estimular o cérebro assim como fazemos com o corpo, com ginástica e exercícios é fundamental, portanto aqui vão algumas sugestões de atividades que estimulam nossos neurônios:

Atividades que estimulem o raciocínio, memória, concentração como: Idoso Com Alzheimer

  • Palavras cruzadas,
  • Jogos de estratégias,
  • Leitura,
  • Desafios,
  • Charadas,

Todas estas atividades vão promover uma estimulação cognitiva, contribuindo para sua ginástica cerebral.

E se possível aprenda algo novo, faça uma dança, toque um instrumento, faça um curso, ao adquirir novos hábitos em nossa rotina e aprender algo totalmente novo, nosso cérebro está em constante atividade o que contribui para uma vida melhor e consequentemente o Alzheimer caso venha acometê-lo surgirá em sua vida mais tardiamente.

Deixo aqui uma linda poesia de Carlos Drummond de Andrade sobre a memória:

Memória

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão.

Mas as coisas findas,
muito mais que lindas,
essas ficarão.

Recomendo que você leia também: Síndrome do Ninho Vazio: Uma Oportunidade Para Resgatar Sonhos!

Até o próximo artigo 

Roberta C Almeida

Roberta  da Costa Almeida – CRP 06/118096

Psicóloga Clínica, palestrante, administra um grupo em rede social sobre infância, visando a reflexão e debate sobre este universo, chamado Mundo da Infancia.

Atende crianças, adolescentes, adultos, idosos e  faz Orientação Profissional, é Pós Graduanda em Psicopedagogia pela UCDB.

Já realizou trabalhos voluntários como psicóloga na cidade de Mogi das Cruzes, na ONG CERENEJMY com pacientes com doenças neurológicas e seus familiares.

E na cidade de São Jose dos Campos, com pacientes com cegueira total e baixa visão e  seus familiares.

Contatos: Página do facebook :www.facebook.com/roberta.almeidapsicologaclinica

celular:  (011) 987046469 whatts app

email: robertaalmeidapsico@yahoo.com.br

 

Carlos Costa

Psicólogo (CRP 06/122657), Coach, Empreendedor, Músico e Poeta. Idealizador do projeto O Psicólogo Online que tem por objetivo produzir conteúdo informativo e educativo sobre psicologia, saúde mental e assuntos relacionados, além de prestar serviços de orientação psicológica online.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.