Filho Autista: A Dor e Luto Dos Pais ao Terem Esse Diagnóstico

filho autista

Filho Autista

Lidar com o diagnóstico de qualquer patologia não é fácil.

Sobretudo quando se trata de um transtorno do desenvolvimento, que apresenta um conjunto de síndromes que interferem na comunicação, na interação social e no comportamento, e que acompanhará por toda vida a pessoa diagnosticada.

Nesse sentido, é comum que pais de crianças com o Transtorno do Espectro Autista-TEA fiquem desorientados ao receberem tal diagnóstico.

Esse momento vai envolver uma série de sentimentos e emoções, entre outras questões que vão desde a falta de conhecimento e habilidade à elaboração do luto de uma criança que para seus cuidadores poderia ser “normal”.

Quando falamos de luto, não falamos somente da morte, pois o luto representa o pesar e a tristeza a tudo aquilo que se perde e que tinha grande valor sentimental.

Filho Autista Sendo assim, os pais de uma criança autista refletirão e lamentarão sobre como essa criança poderia vir a ser, se não tivesse esse transtorno.

Muitos pais chegam a recusar o diagnóstico, e o processo de aceitação muitas vezes pode ser demorado, pois não é nada fácil a desconstrução de uma idealização de um filho com o funcionamento dentro da “normalidade”, em que se depositava vários planos e sonhos.

A fase de descoberta do TEA por vezes deixa pais e familiares “sem chão”.

A forma de enfrentar o diagnóstico do TEA não é igual para todos, já que cada pessoa é única e apresenta suas singularidades de acordo com sua bagagem de vida, experiências e aprendizagens.

Enquanto alguns pais têm dificuldades para entender e lidar com o diagnóstico, outros são proativos, buscam esclarecimentos e soluções demostrando resiliência.

É comum os pais buscarem explicações que justifiquem o diagnóstico.

Muitas famílias fazem uma verdadeira peregrinação de consultório em consultório na esperança de obterem um outro resultado, o que pode muitas vezes retardar o processo de intervenção e de instrumentalização desses pais que precisaram obter conhecimentos para o cuidado adequado de seu filho.

Filho Autista A aceitação e aderência ao tratamento farão toda a diferença no desenvolvimento da criança autista.

filho autista
A aceitação faz toda a diferença na vida e no desenvolvimento do filho autista.

Mas, é importante que a família seja também inserida nesse tratamento, já que a partir do diagnóstico muitas coisas mudam, a exemplo dos aspectos psíquicos dessa família, que nesse momento precisarão ser trabalhados, a fim de que seja promovido o resgate da saúde emocional desses cuidadores.

Com o tempo o impacto causado pelo estabelecimento do diagnóstico vai sendo amenizado e o luto elaborado. Após experimentarem a dor, os pais começam a aceitar a nova realidade, se adaptando e reposicionando suas emoções, dando início a uma nova fase.

É nesse momento que começa a ser descoberto e construído uma rede de apoio com outros pais que também tem filhos autistas.

Filho AutistAlguns passos importantes que os pais podem seguir após receber o diagnóstico de TEA de seus filhos são:

  • Informar-se: Filho Autista

Procurar saber mais sobre o autismo, e as implicações de acordo com grau que seu filho apresenta.

Quanto mais informação se tem mais fácil de administrar o problema e buscar alternativas eficazes;

  • Conversar com outros pais de filhos com autismo: Filho Autista

Esse contato é essencial para promove o fortalecimento, pois serve para perceber que não está sozinho e que outras pessoas também passam por situações parecidas;

  • Buscar ajuda especializada:Filho Autista

Procurar ajuda de profissionais especializados para a criança é essencial, mas devido ao desgaste promovido pelo diagnóstico pode ser necessário que os pais busquem ajuda também para si.

Neste sentido a psicoterapia ou os grupos de ajuda mútua podem ser importantes.

  • Trabalhar em conjunto com a escola: filho autista

É importante que os pais acompanhem a vida escolar mais de perto, seja em escolas de ensino especial ou regular.

Essa aproximação trará bons resultados, pois a criança será melhor assistida.

É inegável que com o diagnóstico de autismo de um filho, o lar dessa família não será mais o mesmo, mudanças terão que ser feitas na rotina e estruturação da casa.

Por isso é importante deixar de lado idealizações e expectativas e procurar entender as necessidades da criança para auxiliá-la.

filho autista Dificuldades existirão nesse processo, mas todos os esforços valerão a pena diante cada conquista.

Descubra aqui tudo o que você precisa saber sobre o autismo: https://opsicologoonline.com.br/autismo/

Rosyane Moreira

[captura]

Psicóloga (CRP-03/12105), especialista em Terapia Cognitiva Comportamental, professora licenciada em Letras. Atua com atendimento clínico presencial, orientação psicológica online e palestras.

Contatos: Fone: (77) 99938-1453 – WhatsApp

E-mail: rosyanemoreira@hotmail.com

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Carlos Costa

Carlos Costa

Psicólogo há 3 anos (CRP-06/122657), coach, empreendedor, músico, poeta e escritor. CEO e fundador do portal e plataforma “O Psicólogo Online”. Através de seus cursos e materias vem contribuindo com a psicologia e com os profissionais psicólogos para uma melhor prática da psicologia online no Brasil e com a valorização da profissão. É criador da plataforma de atendimento online “O Psicólogo Online” que auxilia psicólogos a agendarem e receberem por suas sessões de forma simples e segura.

Artigos recentes