Skip to main content
estresse e coração

Estresse e Coração: 14 Dicas Para Não Adoecer

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Estresse e Coração

Em tempos de crise; seja financeira, política ou família, quando todos parecem estar com os nervos à flor da pele, é bom respirar fundo e pensar duas vezes antes de se aborrecer com discordâncias de qualquer natureza. Estresse e Coração

Caso contrário, o coração poderá sofrer as consequências.

Se não chega a ser novidade que o estresse contínuo contribui para o surgimento de doenças cardiovasculares, pois vários estudos revelam que o estresse causa efeitos da tensão mental crônica desde o cérebro até as paredes das artérias. Estresse e Coração

De acordo com os pesquisadores, surge uma evidência robusta de que “preocupações excessivas causam inflamações que podem provocar infarto, parada cardíaca e acidente vascular cerebral” (Colégio Americano de Cardiologia, 2008).

Leia também: 10 Doenças Causadas Pelo Estresse Que Você Precisa Saber!

Qualquer pessoa diante de uma situação perigosa entra em ação vários processos fisiológicos (o hipotálamo do cérebro envia gatilhos químicos para os nervos e glândulas suprarrenais que fica em cima de cada rim) que inclui a liberação de hormônios (cortisol) e outras substâncias (como o açúcar no sangue) é por isso que uma pessoa com medo ou raiva tem reações como sudorese, tremor e alteração nos batimentos cardíacos. Estresse e Coração

Não é só o coração que o estresse afeta, ele também diminui a resistência imunológica, propicia o aparecimento de gastrite, úlceras, e outras doenças.

As pessoas reagem de maneiras diferentes ao mesmo estímulo, dependendo de suas características genéticas, culturais, sociais, experiências vividas e obviamente, conforme sua educação. Estresse e Coração

No ser humano, a personalidade e as características emocionais são fundamentais na configuração do padrão da resposta comportamental ao estresse. Estresse e Coração

A grande ocorrência dessas doenças decorrentes do estresse, são características da sociedade moderna e competitiva na qual os indivíduos empenham muita energia na tentativa de se adaptarem às situações novas ou alteradas.

“Já está amplamente demonstrado que, quando membros de uma determinada sociedade com níveis pressóricos normais experimentam a modernização ocidental, é comum a elevação dos valores médios da Pressão Arterial” explica o médico Wing Carvalho Lima, cardiologista do Hospital do Coração do Brasil. Estresse e Coração

Este fenômeno tem sido atribuído ao fato de que a vida moderna demanda dos indivíduos uma crescente sobrecarga adaptativa com repercussões emocionais e orgânicas visíveis.

14 Dicas Para se Prevenir e não Adoecer do Coração! Estresse e Coração

A primeira coisa é identificar a causa que está por trás do processo do estresse. Algumas considerações podem ajudar nessa busca:

#1 – Desenvolva o autocontrole: enfrente os problemas sem se envolver emocionalmente. Crie em torno de si uma barreira psicológica para se proteger das agressões corriqueiras, como as cobranças sociais ou aquelas próprias de sua personalidade.

#2 – Não fique se cobrando o tempo todo seja tolerante consigo mesmo.

#3 – Lembrar que para tudo há uma solução, mas nem sempre acontece no momento que desejamos e nunca vai agradar a todos.

#4 – O diálogo é sempre importante para resolver problemas familiares, onde devem ser sempre discutidos. Acumular esses problemas pode ser uma fonte de estresse e angústia.

#5 – Às vezes é necessário contrariar nosso próprio interesses, é muito difícil, mais colocar prioridades é muito mais importante. Estresse e Coração

#6 – Criar atividades paralelas pode ser a solução.

#7 – Experimentar musicas, danças, viagens, passeios, cinemas, sempre respeitando gostos e aptidões.

#8 –  O trabalho deve ter um ambiente mais leve o possível, pois consome maior parte de nossa vida. E quando o trabalho é desgastante, pode se tornar uma tortura e gerar muito estresse.

#9 – Toda mudança dói, é preciso agir e sair da zona de conforto. Estresse e Coração

#10 – apoio familiar e social é muito importante. Amigos é um porto seguro em momentos de estresse e angústia.

#11 – Álcool é uma válvula de escape enganosa, deve-se fugir dele.

#12 – Não se automedicar jamais. Estresse e Coração

#13 – Praticar atividade física.

#14 – Procurar ajuda profissional é sempre um ótimo caminho.

O tratamento relaciona-se com as mudanças de crenças prejudiciais que mantém as preocupações.

Mas apenas mudar as ideias não chega, é necessário modificar alguns comportamentos e iniciar outros, aprender a gerir melhor o tempo e as emoções, identificar as áreas de preocupações.

O acompanhamento psicológico é indicado para que o paciente aprenda a lidar com situações de estresse com mais tranquilidade e que novos casos desta síndrome possam ser controlados. Estresse e Coração

mariaMaria Elice Tavares L. de Olinda – CRP 01/17583. Especialista em Psicologia Hospitalar, Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental.  Faz acompanhamento a gestantes especificamente em prevenção a depressão pós-parto. Faz avaliação para cirurgia bariátrica e acompanhamento pré e pós-operatório. Atende adultos, crianças e idosos.

Clinica: Vitale Ser Psicologia. Sala 810 Ed. Taguatinga Trade Center. Taguatinga – Centro Brasilia – DF. 

Contato: Tel: (61)8120-1157; Email: mariaelice@hotmail.com

Carlos Costa

Psicólogo (CRP 06/122657), Coach, Empreendedor, Músico e Poeta. Idealizador do projeto O Psicólogo Online que tem por objetivo produzir conteúdo informativo e educativo sobre psicologia, saúde mental e assuntos relacionados, além de prestar serviços de orientação psicológica online.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.