Deixe fluir e Descubra o Bem que Essa Escolha Pode Lhe Trazer.

Deixe fluir

Deixe fluir

Ao aceitar o fluxo da vida, você descobre que é possível fazer menos e ganhar mais.

Já parou para pensar que ao se responsabilizar por seus atos e posturas defensivas pode melhorar muito e muito mesmo a sua qualidade de vida? 

Menos resistência, mais permissão, pois lutar contra as situações é ir literalmente contra a maré.

Problemas sempre estarão presentes na nossa trajetória e são feitos para serem resolvidos e não valorizados e eternizados. 

São situações como estas que surgem diante de nós para testar a nossa capacidade de pensar, criar estratégias e agir para resolver.

Deixe fluir Na sua grande maioria, é para nos tirar da zona de conforto e vem com uma dose de lição, mas aprende quem quer é claro, até porque a vida é feita de escolhas.

Quando me refiro à escolhas precisamos analisar o caso, pois cada um é único.

Você pode estar pensando:

  • “Ah mas eu não escolhi casar com um homem que me agride”
  • “Eu não escolhi ter um emprego que me paga um salário baixo”
  • “Eu não escolhi me separar”
  • “Mas eu não escolhi adoecer”
  • “Mas eu não escolhi…”

O filósofo Jean-Paul Sartre nos diz: Deixe fluir

“Ao escolher não escolher, já estamos escolhendo. Fugir da escolha, portanto, é inevitável. Da mesma forma como fugir da liberdade é também impossível. Por isso estamos condenados a ser livres. Seremos sempre forçados a escolher e também responsáveis pelas consequências de nossas escolhas.” 

O problema geralmente vem acompanhado da solução, mas se torna um problema maior ainda quando resistimos a situação.

Já dizia Carl Jung que “aquilo que você resiste, persiste.”

Então por que resisto?

O que está por trás desta minha resistência?

Estou disposto a pagar um preço para resolver?

Como está o meu nível de autoconfiança?

Estes questionamentos são importantes para que possamos refletir o que estamos fazendo com esta preciosidade que nos foi dada, “a nossa vida”.

Deixe fluir Agora, tudo pode mudar se olharmos os problemas sob uma ótica positiva porque eles nos oferecem sementes de oportunidades para o nosso crescimento pessoal.

deixe fluir
Ver com olhar positivo.

É claro que cada caso é um caso a ser avaliado, mas aqui eu escrevo de uma maneira geral.

Podemos tomar algumas atitudes as quais menciono abaixo:

1) Desviar o foco do problema e direcionar sua atenção para a solução porque tudo aquilo que focamos potencializa, aumenta, maximiza.

Veja bem, não estou sugerindo que você negue o problema, apenas que você mude a estratégia para resolvê-lo. Procure ampliar a sua visão.

2) Identificar que recurso(s) eu preciso ou já possuo para resolver este problema? Estes recursos poderão ser de ordem material ou não. Exemplo de recurso interno: saúde, coragem, vontade, etc.

3) Valorizar os seus valores e forças pessoais, pois eles são ferramentas valiosíssimas, a sua marca registrada. Eles que é que fazem de você o que você é.
4) Procure praticar ações intencionais de algo que você goste para dar um up nas emoções, pois quando sentimos emoções positivas(vida agradável), consequentemente o nosso bem-estar melhora e nos sentimos mais fortes para lidarmos com as adversidades.

Quer saber algumas dicas de ações intencionais acesse a lista clique aqui.

5) Criar um novo jeito/nova forma de fazer para que o resultado seja satisfatório. Se for preciso peça ajuda a pessoas próximas que entendam o que você está precisando e possam somar algo de bom na sua vida. Relações positivas são importantíssimas nesta hora.

6) Dê sentido para você resolver esta questão. Quando algo tem significado forte nos engajamos (arregaçamos as mangas com a intenção de obtermos resultados positivos) atingindo assim a autorrealização.

Estas dicas são baseadas na teoria do bem-estar subjetivo de Martin Seligman onde cinco elementos são importantes: emoções positivas, engajamento, relações positivas, sentido e realização.

Deixe fluir Então caro leitor permita-se, deixe a vida fluir como uma onda no mar.

Abraços positivos

Leia também o artigo sobre psicologia Positiva, a ciência da felicidade: https://opsicologoonline.com.br/ciencia-da-felicidade/

[captura]

Somos os idealizadores do Ponto Mutação – Desenvolvendo Potenciais, psicólogos positivos Rafael Garcia Oliveira(CRP 07/16242), especialista em avaliação psicológica e em psicologia positiva e Cláudia Maria Pedroso Dias(07/20397) psicóloga clínica e coach, Somos também palestrantes, escritores, apaixonados pela Psicologia Positiva.​ Atuamos em Porto Alegre/RS atendimentos de adultos (individual e casal) e orientação psicológica online para todo Brasil.

Site: www.pontomutacao.com.br

Instagram >> Twitter >> Facebook >> @Pontomutacao

Youtube: http://bit.ly/PontoMutaçãoYoutube

E-mail: contato@pontomutacao.com.br

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Carlos Costa

Carlos Costa

Psicólogo há 3 anos (CRP-06/122657), coach, empreendedor, músico, poeta e escritor. CEO e fundador do portal e plataforma “O Psicólogo Online”. Através de seus cursos e materias vem contribuindo com a psicologia e com os profissionais psicólogos para uma melhor prática da psicologia online no Brasil e com a valorização da profissão. É criador da plataforma de atendimento online “O Psicólogo Online” que auxilia psicólogos a agendarem e receberem por suas sessões de forma simples e segura.

Artigos recentes