Crenças limitantes e o Emagrecimento: como sabotamos a nós mesmos

Crenças limitantes são aqueles pensamentos que nos impedem de crescer, de emagrecer, de ter mais resultado na sua vida. 
emagrecimento

Quando perguntamos a uma mulher o que ela mais deseja provavelmente a primeira resposta será emagrecer.

A mulher está sempre em busca de eliminar mais dois quilos, independente do peso, estamos sempre em busca de ficar ou estar melhor com nós mesmas e isso pode causar muitas “crenças”.

Você já se perguntou porque não conseguiu emagrecer ainda? Porque voltou a engordar?

Se você tem uma resposta para isso, certamente terá muita dificuldade para emagrecer definitivamente.

Você já deve ter ouvido muito das tais Crenças Limitantes, mas você sabe o que elas realmente são? 

O que são crenças?

Crença é todo pensamento que você não questiona, apenas repete e ele é uma verdade para você.

Cada pessoa tem um conjunto de crenças específico o que significa que a mesma situação poderá ser interpretada de maneiras completamente distintas entre duas pessoas.

Uma pessoa que tenha desenvolvido uma crença de que as pessoas não gostam dela provavelmente vai se incomodar se ao chegar num grupo de amigos, um deles imediatamente se retira.

Seu pensamento será: “Saiu porque eu cheguei.” uma das Crenças limitantes que a pessoa adquiriu. E este pensamento reforçará a crença de que não é querida.

Outra pessoa que tenha uma crença de ser alguém digno de amor, na mesma situação, tem mais chance de acreditar que o outro saiu porque tinha algum compromisso.

Vamos explorar um pouco sobre a natureza das crenças e como são formadas antes de identificá-las, mudá-las ou fortalecê-las, e qual o papel delas no fator “PESO” e como podemos utiliza-las a nosso favor no emagrecimento consciente .

Utilizar o poder de uma crença pode e vai mudar profundamente a sua vida em todos os níveis.

Crenças limitantes são aqueles pensamentos que nos impedem de crescer, de emagrecer, de ter mais resultado na sua vida. 

Veja alguns exemplos de crenças limitantes e verifique se você se identifica com alguma delas:

  • Emagrecer é difícil
  • Dieta é ruim
  • Eu não consigo emagrecer
  • Meu metabolismo é lento
  • Eu sempre fui assim, por isso eu não mudo
  • Eu sou ansioso
  • Para emagrecer só fechando a boca
  • Tem que malhar muito para emagrecer
  • Academia é chato
  • Panicat não tem nada na cabeça
  • Os caras bombados são brochas
  • Jogar comida fora é pecado
  • Não posso jogar comida fora pois tem tanta gente passando fome no mundo
  • Eu prefiro ser inteligente que bonita
  • Beleza não põe mesa
  • O que importa é a beleza interior

 

Como surgem nossas crenças limitantes?

A maioria das nossas crenças surgem e se instalam geralmente na 1ª infância, até cerca dos 7 anos, tanto as positivas quanto as limitantes.

Acontecimentos posteriores podem ir modificando-as (não conheço nenhum adulto que ainda acredite em Papai Noel).

Algumas delas continuam vivas e presentes com a mesma emoção e significado que adquiriram no momento da sua formação.

Outras podem ser formadas ao longo da vida, através de situações repetitivas ou traumas.

Naquela época você era como uma esponja absorvendo, a um nível subconsciente, e aceitando todas as informações ao seu redor, sem questionar nada.

Como você ainda não tinha condições de avaliar ou raciocinar sobre as experiências, também não tinha meios para saber se o que estava acreditando como verdade era bom ou não para você.


Os pais, embora normalmente bem intencionados, desempenharam um papel importante no processo de construção das suas crenças.

Primeiro porque eles te ensinaram as próprias crenças e, em segundo lugar, porque muitas vezes utilizaram o medo como recurso didático.

Por este motivo nossas crenças podem interferir diretamente em nossas emoções e isso muito provavelmente irá interferir em nosso peso de forma inconsciente.

Quando não percebemos de fato o que ocorre ou porque ocorre, fazemos de forma muitas vezes automática e não sabemos porquê, fazendo com que gere alguns tipos de pensamentos citado a pouco.

Entenda suas crenças limitantes > Você precisa fazer um reconhecimento interno para identificar quais crenças limitantes você possui.

Vamos lá? Como fazer? Você vai precisar utilizar seu poder de observação interno e externo.

As crenças limitantes sempre surgirão quando você estabelecer algum objetivo como por exemplo emagrecer, e sua mente impede que você tome certas atitudes em direção a eles, mesmo sem razões lógicas aparentes.

Provavelmente você vai perceber pensamentos como “ Eu não consigo fazer isso porque…”, “ Já tentei diversas vezes e não consegui emagrecer, acho que não consigo continuar ou começar um processo”.

Quando vier estes pensamentos, pare o que estiver fazendo e anote, a situação e a frase que veio em sua cabeça naquele momento. 

E nesse exato momento você identifica sua crença limitante.

Faça esse exercício diariamente. Sempre observando-se cuidadosamente, e anotando, até que os padrões comecem a se repetir, sinal de que você já deve ter detectado, senão todas, pelo menos a maioria das suas crenças limitantes.

Encontrar a origem ou a causa de uma crença limitante significa descobrir qual a situação de sua vida em que ela foi instalada.

Isso pode ser útil para entender as emoções relacionadas à crença limitante.

Algumas vezes só o fato de você se reconectar com a experiência original já dará elementos para quebrar a crença.

Muitas vezes conseguimos sozinhas, mas se for uma crença que esteja tornando sua vida muito complicada, dificultando seu relacionamento com a família ou sua carreira, talvez valha a pena você procurar um profissional para realizar uma investigação mais profunda.

Como é possível quebrar esse tipo de padrão de comportamento? As pessoas gostam de dizer que isso é muito difícil (outra crença limitante?!), mas na verdade é um processo que exige um pouco de paciência e perseverança.

A grande dificuldade normalmente reside em se dar conta do problema, porque, como essas crenças atuam direto do subconsciente, frequentemente a pessoa não consegue perceber que está se auto-sabotando.

E sem essa percepção nenhum progresso é possível.

Vou listar algumas sugestões de frases que você pode repetir para si mesmo até você acreditar fielmente no que fala, como dizem por aí “uma mentira repetida mil vezes passa a ser a mais pura verdade”

  • Eu sou magro
  • Eu como como e não engordo
  • Meu metabolismo é super rápido
  • Eu sou uma pessoa feliz e saudável
  • Eu tenho uma mente magra
  • Eu adoro comer comidas que me fazem bem
  • Eu sou calmo e equilibrado
  • Tudo o que eu quero eu consigo com muita facilidade
  •  A cada dia estou melhor

Atenção, não é só falar e esperar que as coisas caiam do céu.

É falar e fazer, e esperar até entrar no automático, a fala vai potencializar suas ações fazendo que você tenha mais resultados.

Para você mudar a sua mente, você precisa mudar o que acredita .

Leia também: Coaching Para Emagrecimento: Como Funciona? Descubra aqui!

 

Giuliana Ghiraldello CRP 06/129.394,  Psicóloga Clínica, idealizadora do Emagrecimento em Ação.

Consultora em emagrecimento, palestrante, orientadora profissional e de carreira.

Trabalho com atendimentos psicoterapêuticos individuais e em grupo em meu consultório particular e online.

Atendimento infantil, adolescentes, adultos e dependência química.

Orientação Psicológica online.

Administro o grupo online – Desafio: Emagrecendo a Mente e Desafio 21 Semanas – Emagrecimento em Ação

Contatos: Fanpage: Emagrecimento em Ação

Contatos: Fanpage: https://www.facebook.com/PsicologaGiulianaGhiraldello

Telefone: (11) 9 8925-8110 Whatssap

Email:  psicóloga.giuliana@gmail.com

Instagram: @emagrecimento_em_acao

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Carlos Costa

Carlos Costa

Psicólogo há 5 anos (CRP-06/122657), coach, empreendedor, músico, poeta e escritor. CEO e fundador do portal e plataforma “O Psicólogo Online”. Através de seus cursos e materias vem contribuindo com a psicologia e com os profissionais psicólogos para uma melhor prática da psicologia online no Brasil e com a valorização da profissão. É criador da plataforma de atendimento online “O Psicólogo Online” que auxilia psicólogos a agendarem e receberem por suas sessões de forma simples e segura e Co-Fundador do Instituto de Terapia Online, que capacita e certifica profissionais para atuarem online de acordo como o CFP.

Artigos recentes