Skip to main content
Como Educar Seus Filhos

Como Educar Seus Filhos: O Papel Da Família na Educação das Crianças!

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Momentos em família, e divergências familiares: como resolver? Como Educar Seus Filhos

Quando formamos uma nova família, trazemos conosco nossas experiências, valores e  diferentes práticas culturais de nossas famílias de origem.

A educação é transmitida aos nossos filhos de geração para geração.

É compreensível e esperado, portanto, que pai e mãe pensem e se comportem de modos diferentes em relação à educação dos filhos. Como Educar Seus Filhos

Integrar diferentes pensamentos e valores, passa a ser missão contínua de pais-cuidadores-educadores que desejem fazer o melhor na criação das crianças/adolescentes.

Muitas vezes essa missão acaba se tornando uma dificuldade para o casal, pois educações divergentes geram discordâncias.

Só será possível esses cuidados se escutarmos e respeitarmos o outro, fazendo o necessário para chegar a um consenso, sem egoísmo, sem acreditar que a sua opinião é a única que vale, a única “certa”.

Quando escolhemos um parceiro (uma parceira) acreditamos que ele (ela) é bom (boa) o suficiente para ficar ao nosso lado e ao lado de nossos filhos, enxergamos as suas melhores qualidades, mas ao longo do relacionamento, podemos nos esquecer de nossos ideais, ou mesmo reconhecer que havia características desconhecidas que se desvendam em situações de conflito, especialmente na educação dos filhos. Como Educar Seus Filhos

Diante de discordâncias entre os pais, os filhos ficam confusos.

Orientações ambíguas ou discordantes podem servir de recurso de manipulação para obtenção de ganhos, prejudicando o diálogo e relacionamento dos pais que podem entrar em conflito por conta dessas situações

Diálogos prévios entre os pais são essenciais tanto para alinhar valores, ideias, procedimentos, quanto para manter coerência e firmeza diante dos filhos, especialmente quando são pequenos, ainda sem possibilidade de acompanhar argumentos complexos.

Como Educar Seus Filhos No entanto as decisões pontuais e imediatas devem ser respeitadas, mesmo que não concorde inteiramente ou não se chegue a um consenso.

Deve-se lembrar de que o outro tem sua história de vida, que suas experiências podem em muito contribuir para o crescimento da família.

Se o casal não estiver conseguindo direcionar de forma produtiva a criação dos filhos, entrando em constantes conflitos é necessário buscar ajuda especializada de um psicólogo de família.

Se esse for o seu caso, a Thaís Galvão é uma psicóloga especialista nesse assunto e pode te ajudar, clique aqui para conversar com ela!

Qual o papel dos avós? Como Educar Seus Filhos

Como Educar Seus Filhos
Como Educar Seus Filhos

A situação pode se complicar quando há participação de outras pessoas no convívio familiar, como os avós.

É importante deixar claro o papel de cada membro da família visto que, em alguns casos, os avós ficam com as crianças em alguns momentos. Como Educar Seus Filhos

Estes já têm uma vivência como pais, não tendo o papel de educadores dos netos e sim um papel mais flexível de compreensão e amizade.

A contribuição de todos é fundamental para o bom desenvolvimento dos filhos, mas é uma “nova” família que deve nascer e crescer com seus novos valores, sonhos, ideias, e um novo contexto existencial!

Quem deve cuidar da vida escolar? Como Educar Seus Filhos

A participação dos pais na vida escolar dos filhos é muito importante para evitar a violência e a indisciplina, além de contribuir para os estudos.

Estes não devem delegar para a escola o papel de guiar os filhos em sua educação.

Lembre que o filho é do casal e por isso não deve se transferir a responsabilidade da criação para a escola, mesmo que passem um tempo grandioso estudando.

Observamos que muitos pais, por trabalharem o dia todo, ou por estarem envolvidos com seus múltiplos compromissos, têm que deixar os filhos às vezes por horas na escola, restado-lhes pouco tempo de convívio. Como Educar Seus Filhos

Isto não é um problema, se houver qualidade nesta convivência, acompanhando as necessidades dos filhos e compartilhando em família momentos de diálogo e descontração.

Nem sempre é o que acontece, pois, após um dia cansativo, por vezes os pais chegam em casa irritados e cansados, sem disposição de estar em família.

Há que se encontrar um caminho de superação dessa rotina.

Momentos de convívio, mesmo que reduzidos, podem ser únicos para estabelecer a intimidade e conforto psicológico necessários para uma boa vida em família, com possibilidade de se estabelecer contratos de melhor convivência e oportunidades para o desabafo de todos.

Como Educar Seus Filhos Os membros da família tem muito a oferecerem uns aos outros nesta interação, ensinando uns aos outros visões diferentes de um determinado problema.

Como Educar Seus Filhos
Como Educar Seus Filhos

Em um caso clínico, os pais estavam discutindo e aborrecidos um com os outro, a filha interveio fazendo com que ambos conversassem e se entendessem.

O conflito encerrou-se pois os pais acharam linda a atitude da filha em tentar ajudar e perceberam que aquela atitude estava afetando o emocional da mesma.

Algumas vezes as crianças tem uma visão ampliada de algumas situações, não as desvalorize.

Dividir as responsabilidades com o companheiro(a) é fundamental para que cada um tenha um tempo de descanso, de vivenciar seus momentos individuais.

Sempre lembrando que os momentos em família são fundamentais, nem que seja em apenas um dia da semana.

Dicas de atividades que possam ser compartilhadas com a família: Como Educar Seus Filhos

Como Educar Seus Filhos
Como Educar Seus Filhos

1- Programe um “momento do casal”, aproveitando lugares com espaço “kids”, onde podem interagir e estar com os filhos.

2- Saia com os amigos, ou então faça eventos em casa. Os amigos levarão os filhos e vocês poderão compartilhar um momento de descontração coletiva.

3- Reserve uma hora do seu dia para ficar com seu filho(a), momento importante  para compartilhar do dia de ambos.

Uma sugestão é a hora do banho da criança. Sente ao seu lado, fora do Box e compartilhe o dia de vocês.

4- Programem o dia do passeio do pai e o dia do passeio com a mãe. Pode ser um final de semana para cada um.

Isso ensina a criança a conhecer o limite de ambos.

5- Façam uma das refeições em família, pois esse é o momento de compartilhar o dia de todos.

Se não almoçam nem jantam juntos, façam o café da manhã, ou um lanchinho noturno quando todos estarão em casa.

6- Programem viagens, pode ser de um dia, sem dormir no local. Vocês compartilharam de momentos diferentes em família, saindo da rotina.

Recomendo que você leia também: Descubra o Segredo Que Não Te Contaram Sobre as Relações Amorosas!

Thaís Galvão!

Thaís Galvão é psicóloga (CRP – 06/62884) com especialização em família sistêmica e psicanálise. Atende em consultório presencial na cidade de Santos/ SP .

Oferece orientação psicológica online via chat, email e vídeo para pessoas que desejam desenvolver a inteligência emocional e resolver conflitos específicos de forma conveniente, sem se preocupar em ter que se deslocar até o consultório. Para agendar uma consulta online com a Thaís clique aqui! 

Compartilhe esse artigo!

Carlos Costa

Psicólogo (CRP 06/122657), Coach, Empreendedor, Músico e Poeta. Idealizador do projeto O Psicólogo Online que tem por objetivo produzir conteúdo informativo e educativo sobre psicologia, saúde mental e assuntos relacionados, além de prestar serviços de orientação psicológica online.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.