Skip to main content
Como Aliviar o Estresse

Como Aliviar o Estresse? Com AMOR!

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Como Aliviar o Estresse

Como Aliviar o Estresse

Um levantamento realizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) revelou que o estresse, em suas mais variadas formas, atinge cerca de 90% da população global.

De acordo com Gláucio Luiz Bachmann Alves, psiquiatra e psicoterapeuta, doutor em Medicina pela Universidade de Genebra e especialista em clínica médica, os maiores estresses que o ser humano pode sofrer são o abandono e os conflitos emocionais crônicos.

Eles podem acontecer no matrimônio ou no ambiente de trabalho e estão relacionados à hostilidade manifesta ou contida e à frieza emocional ou à indiferença.

Não precisa ser amor de namorado. Amor de amigo basta. Na verdade, você nem precisa estar diretamente envolvido. Como Aliviar o Estresse

Basta assistir a uma troca de carinhos para seu estresse ir lá para baixo.

Foi o que aconteceu com as 42 pessoas convidadas por pesquisadores da Universidade de Exeter, na Inglaterra.

Eles tiveram os cérebros escaneados enquanto viam imagens de pessoas demonstrando sinais claros de afeto amor.

Em seguida, olharam para fotos de homens e mulheres com expressões raivosas – parte dos participantes só participou dessa segunda parte do experimento.

Entre os dois grupos, houve uma diferença importante: as amígdalas (região do cérebro responsável pelas emoções, como medo, e pelas reações ao estresse) de quem havia visto as imagens de carinho não reagiram aos rostos raivosos das fotos.

Já os outros, mostraram sinais leves de alerta e estresse.

Segundo a pesquisa, ser lembrado sobre sentimentos de amor reduz a sensibilidade do cérebro frente a pequenas ameaças.

E, por isso, pode permitir a ele funcionar ainda melhor em situações realmente estressantes.

Recomendo que você leia também: Estresse no Relacionamento: 6 Dicas Para Saber Como Lidar!

Viu só como é fácil ficar menos estressado? Como Aliviar o Estresse

Onde há a presença amorosa, a educação construtiva, onde as regras são ensinadas com amor e firmeza, existe boa saúde, bom desenvolvimento do sistema nervoso e crescimento adequado.

VAMOS CULTIVAR O AMOR DENTRO DE NÓS. Como Aliviar o Estresse

O grande erro da humanidade é esperar sempre pelo outro.

“Se ninguém me ama como vou me amar?”.

Como Aliviar o Estresse?

  • Procure, cultivar bons pensamentos.
  • Seja otimista.
  • Busque olhar sempre o melhor e mais positivo de todas as situações.
  • Valorize suas tarefas e suas habilidades. (não espere por elogios.)
  • Se permita ter prazer: busque atividades que te agrade e te faça bem.
  • Se permita viver, amar e expressar seus sentimentos as pessoas mais próximas, seja pai, mãe, irmão; ou mesmo um amigo.
  • Sinta cada momento como se fosse o único de sua vida, perceba a presença do ar que respira, do alimento que te sacia e das coisas materiais que possui. Agradeça a cada uma delas.

Quando as pessoas se afastam disso, de sua essência, elas adoecem mais (qualquer doença), não tem bom aproveitamento escolar ou laboral, tem tendências a usar álcool e drogas, não conseguem se relacionar bem com os pares, entre outros males.

Todos precisam ser tocados, olhar nos olhos, assim como os recém-nascidos.

Como Aliviar o Estresse
Como Aliviar o Estresse: Todos precisam ser tocados com carinho!

Segundo o professor da Universidade de Derby, na Inglaterra, Paul Gilbert, criador da terapia focada na compaixão, o pior de todos os estresses do bebê é não ser tocado o suficiente ou ser tocado de uma maneira tensa ou grosseira.

Por quê? Porque todos os sistemas orgânicos do ser humano respondem ao toque suave, ao reforço da segurança, a presença tranquilizadora; e respondem a isso se desenvolvendo bem.

O contrário também acontece: os órgãos e sistemas do corpo humano e a própria mente adoecem se o bebê ou criança é mantida isolada, sozinha ou maltratada.

Portanto, vamos amar mais, primeiramente a si mesmoComo Aliviar o Estresse

A cada momento do dia-a-dia relembre disso.

Surgirão em previstos, desgostos, tristezas, isso faz parte de nosso processo; mais somos mais fortes e capazes de superação.

Para isso deixo a dica cultive plenamente a sua vida interior, plantando harmonia, pensamentos positivos e sempre se valorizando no que tem de melhor em suas virtudes.

Maria Elice

mariaMaria Elice Tavares L. de Olinda – CRP 01/17583. Especialista em Psicologia Hospitalar, Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental.  

Faz acompanhamento a gestantes especificamente em prevenção a depressão pós-parto.

Faz avaliação para cirurgia bariátrica e acompanhamento pré e pós-operatório. Atende adultos, crianças e idosos.

Clinica: Vitale Ser Psicologia. Sala 810 Ed. Taguatinga Trade Center. Taguatinga – Centro Brasilia – DF.

Contato: Tel: (61)8120-1157; Email: [email protected]

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.