Skip to main content
Como manter a autoestima no relacionamento

Como Melhorar a Autoestima no Relacionamento? Veja Aqui!

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Autoestima no relacionamento afetivo

No caminhar de minhas escritas sobre autoestima, sempre falo da importância de nos fortalecermos enquanto sujeitos, enquanto profissionais, pais e como nossos melhores cuidadores.

Pois se não nos amarmos como cultivaremos amor ao próximo?

Desta maneira, entendo que preciso falar também sobre a autoestima de nossos relacionamentos afetivos, mas não o afeto familiar, e sim o afeto do casal, a relação do casal.

Autoestima da relação? Como assim? Autoestima no Relacionamento

Isso mesmo, você já parou para observar e avaliar como anda a autoestima do seu relacionamento?

O quanto você, e vocês, investem para que se fortaleçam como casal?

Quais são os ingredientes que julgam necessários para que a vida de vocês como casal de certo?

E quais são os temperos extras que fazem com que a relação não desande e que um não perca o interesse pelo outro?

Cada casal deve ter sim sua individualidade na relação, e consequentemente, suas características pessoais. Autoestima no Relacionamento

E são estas mesmas características e valores pessoais que vão fazer com que uma relação dê certo, mantenha uma boa autoestima ou não.

Inclusive, a personalidade de cada um fará essas escolhas, como cada um olha a si mesmo será uma forma parecida como olha um relacionamento e o que exige dele.

Autoestima no Relacionamento Jung diz que todo relacionamento é 50% de responsabilidade para cada uma das partes.

Como manter a autoestima no relacionamento
Como manter a autoestima no relacionamento

Um relacionamento, na verdade, é resultado do que as partes colocam nele.

Cada pessoa contribui para sua porção da relação e ajuda a determinar para que direção esta irá evoluir.

Certa vez ouvi uma pessoa dizer que para a base de um relacionamento saudável não deveriam faltar: amor, respeito e confiança. Autoestima no Relacionamento

Sem esses ingredientes seria impossível um relacionamento dar certo.

Concordo sim que esses são pontos fundamentais, e que inclusive geram segurança para o parceiro assumir um relacionamento (principalmente quando já vem de alguma frustração amorosa).

Mas será que a longo prazo esses ingredientes fundamentais serão suficientes?

Será que não haveria uma necessidade de aprofundar, cuidar e regar esse relacionamento para que gere novas flores, folhas e frutos?

Autoestima no Relacionamento Quais fatores então seriam necessários para manter a autoestima do casal e do relacionamento acessa?

O desejo. Autoestima no Relacionamento

Como manter a autoestima no relacionamento
Como manter a autoestima no relacionamento

Sim, o desejo. E não é só o desejo pelo o outro. O desejo de cada um em relação à vida e à própria vida.

O impulso de cada um de viver, de querer descobrir, crescer, influencia também no desejo do relacionamento.

Quem tem a vida pulsando dentro de si tem grandes chances de conseguir ver seu relacionamento crescer e pulsar dentro de si também.

O desejo não está ligado só a uma pulsão sexual, está ligado a um desejo pela vida.

E a um desejo também de fazer dar certo, de entender que os desafios na vida existem, assim como os desafios da vida do casal.

No filme americano “A história de nós dois” podemos observar um casal com 15 anos de casamento e dois filhos, passando por uma crise que os fizeram repensar este casamento e refletir suas escolhas.

Os protagonistas são interpretados por Bruce Willis (Bem) e Michelle Pfeiffer (Kate).

Em muitos momentos o casamento em crise é suportado por ambos em decorrência dos filhos, porém eles aproveitam a viagem de férias das crianças para finalmente se separarem. 

Separados, cada um tenta recomeçar sua vida em cantos neutros, aproveitando o período para avaliar e refletir sobre a vida que tiveram juntos, com seus altos e baixos, e tentam concluir se ainda há algo de sólido nesta relação, que permita uma reaproximação.

Uma das reflexões feitas durante o filme neste período de separação é a influência dos padrões de relacionamento que cada um traz para a relação de casal, ou seja, aquilo que aprendeu da relação dos pais.

Algo que, inclusive, o casal do filme refletiu durante uma das várias passagens por processos psicoterapêuticos.

O filme também evidencia a divisão de papéis que normalmente ocorre nos relacionamentos, principalmente casamentos, onde um assume a postura de responsável, que lida e resolve os problemas, que impõe regras e limites, e o outro assume o lado descontraído, divertido, o que acaba se mostrando um problema na relação de Ben e Katie e um dos fatores que contribui para o desgaste.

Além disso, a mudança no comportamento durante o namoro e agora, no casamento, também é apresentada no filme.

Antes, os dois se mostravam dispostos a investir positivamente na relação, riam juntos, elogiavam-se mutuamente.

Após anos de casamento, Ben começa a evitar certos diálogos para assim poupar os momentos de discussões, passando a se fechar e não expor também determinados comportamentos que desagradavam à esposa, assim, a comunicação fica cada vez mais prejudicada entre os dois.

Alguém se identifica?

Excelente filme! Para os casais o filme também é uma oportunidade para muitas outras reflexões.

O que pode ser melhorado? O que deve ser resgatado?

A autoestima do relacionamento agradece.

Independente de como cada um viva seus relacionamentos, através de sua própria personalidade, é importante entender que cada um entende de uma forma o que é uma relação e o que espera de um relacionamento.

Isso pode mudar ao longo do tempo? Claro!

Autoestima no Relacionamento Assim como nós mudamos, nossa forma de ver a vida e ver o amor também pode mudar, e cabe também a reflexão: o meu relacionamento cabe ao que sou hoje?

Como manter a autoestima no relacionamento
Como manter a autoestima no relacionamento

É possível resgatar esse relacionamento?

E o fundamental: aceitação. Primeiro a autoaceitação e depois a aceitação do outro como ele é.

E cuidado para não cair na armadilha de que alguém será responsável por sua felicidade, esta é responsabilidade sua.

Cuide da sua autoestima e será mais fácil cuidar da autoestima do seu relacionamento. E isso vale para o par.

Recomendo que você leia também: Como Dizer Não Pode Elevar Sua Autoestima? Veja Aqui!

Com carinho, Suzane.

Suzane Guedes é Psicóloga (CRP 05/42766), Especialista em Psicologia e Desenvolvimento Humano e atualmente cursa formação clínica em Arteterapia.

Atua nas cidades do Rio de Janeiro e Três Rios-RJ com atendimento clínico à crianças, jovens, adultos e idosos; ministra grupos e oficinas terapêuticas. Também trabalha como orientação psicológica online.

Suzane acredita na psicoterapia como grande ferramenta de auxílio ao desenvolvimento pessoal e social.

Contatos profissionais: (21) 96985-4954

Atendimento online: http://www.atendimento.opsicologoonline.com.br/suzane-guedes

Email: suguedes@yahoo.com.br

Instagram: @olharparas

2 thoughts to “Como Melhorar a Autoestima no Relacionamento? Veja Aqui!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.