Autoestima e Profissão: Uma Dupla de Sucesso

Autoestima e Profissão

Autoestima e Profissão

Acredito que nossa escolha profissional seja uma das grandes escolhas da nossa vida, e normalmente, este período é marcado por muitas dúvidas e algumas certezas.

Certezas talvez daquele caminho que realmente não desejamos seguir, e dúvidas entre tantos outros caminhos a seguir, qual seguir? Autoestima e Profissão

Algumas dúvidas aparecem por influência de amigos, família e até mesmo os professores, “afinal você tem nota para passar em medicina e por que vai fazer engenharia?” sugerem alguns.

No meu percurso profissional já observei alguns jovens com algumas certezas veladas, porém com a dúvida justamente em função da opinião alheia.

Outros que desde muito novos sabiam que queriam a área da justiça, dentre esses, a maioria com grandes sonhos e prospecções nesta área. Autoestima e Profissão

Alguns outros que desde pequenos falam “quero ser professora, a vida de dentista é muito dura”, visto que sua realidade familiar lhe soava assim.

Outros relatam desde sua pequena infância um grande amor pelos animais e a certeza que não saberiam fazer outra coisa a não ser um curso de veterinária.

Porém alguns estão totalmente “perdidos” sem saber qual direção seguir, relatam querer fazer uma boa faculdade, ter um bom curso e ser muito bom na área que escolher, mesmo não tendo muita certeza de que caminho seguir.

E para estes a orientação profissional é muito válida, visto que muitas vezes não tem referenciais próximos que possam auxiliar e necessitam de um maior entendimento de si mesmo para fazer esta escolha.

E quando esta decisão se realiza, fruto do trabalho clínico do processo de autoconhecimento e da grande vontade de ser um bom profissional, observo no futuro, uma pessoa realizada com sua carreira, e mais ainda, feliz com sua escolha, com uma boa autoestima voltada para este campo de sua vida.

Autoestima e Profissão Mas vocês podem estar se perguntando, é possível ter uma boa autoestima em uma área da vida e em outra não?

Sim, é muito possível.

Mesmo que sendo muito melhor ter uma boa autoestima em si mesmo, independente de cada área de nossa vida.

Afinal a autoestima está relacionada também ao autoconceito, ou seja, o conceito que o indivíduo tem de si mesmo.

O autoconceito pode nos auxiliar a ponderar aspectos em nós que não julgamos tão bons e consequentemente melhorar, porém, com nossa autoestima fortalecida podemos entender que não estamos indo tão bem em uma área da vida, mas nos aceitarmos e nos amarmos da mesma forma.

Ou seja, mesmo um autoconceito negativo, com uma boa autoestima te ajudará a entender que aquele aspecto seu não tão bom é só um aspecto, não é você por completo.

A boa escolha profissional poderá servir de auxilio para uma boa autoestima. Autoestima e Profissão

Entendendo como “boa escolha profissional” aquela que tenha a ver com seus dons e talentos, ou atividades que você esteja disposto a estudar, aprender e se desenvolver.

Se levarmos em consideração que boa parte da nossa vida passa em nosso ambiente de trabalho, será possível viver bem e feliz em uma profissão que você não se sinta valorizado e satisfeito com o que faz?

E não estou dizendo de fases difíceis que todos podem passar, mas sim de entender que aquela função que você exerce te realiza, tem um propósito e principalmente você pode se perceber e valorizar isso, visto que ninguém melhor que você mesmo para se avaliar e entender suas capacidades e dificuldades, seus êxitos e fracassos, mas quando estes olhados com atenção, amor-próprio e acolhimento, geram autoconhecimento e autoestima.

E na semana que comemorarmos o dia do psicólogo eu não poderia falar de outro tema.  Autoestima e Profissão

Autoestima e Profissão Eu particularmente acredito que tenho uma boa autoestima profissional, me sinto realizada no que faço e me valorizo também, porém isso não quer dizer que não tenham momentos difíceis.

Autoestima e Profissão 2
Autoestima e Profissão

Muitas vezes ficamos em dúvida se estamos no caminho certo, se realmente nossa profissão tem “futuro” e se nós mesmos temos futuro naquela profissão.

Por isso, até quem ajuda precisa pedir ajuda.

Agora me recordo de um vídeo do psicólogo e professor Bruno Rodrigues intitulado A dor do Psicólogo.

Foi em um desses momentos que sentia que precisava de uma guinada profissional que comecei a assistir os vídeos do Bruno que me auxiliaram muito e me ajudaram também a construir minha autoestima profissional.

Grande gratidão!

Acredito que sempre devemos buscar o melhor para nós, às vezes o melhor é o mais simples, às vezes o melhor tem mais lutas, mais enfrentamentos, e na trajetória profissional não é diferente.

Precisamos saber também o momento de ir mais devagar, mas sempre nos preparar para as oportunidades que podem surgir.

E também fazer as oportunidades acontecerem, afinal movimento gera mudança.

Motivada e inspirada pela semana do psicólogo, essa profissão que exerço com muita honra e dedicação, escrevo para vocês, e desejo que cada um se encontre e se faça encontrar em sua escolha, pois é muito gratificante e confortável deitar no travesseiro e pensar: fiz minha parte, e acredito que fiz bem.

Autoestima e Profissão O mundo precisa de pessoas felizes em suas funções e em sua vida, pois além de ser bom para si, contagia e inspira.

No mais, desejo um feliz dia do psicólogo para todos os colegas de profissão e aos meus psicólogos (sim tive alguns e acho que todo mundo deve fazer psicoterapia ao menos uma vez na vida).

E que essa profissão linda em prol do próximo, em prol do desenvolvimento da humanidade, do autoconhecimento, da saúde emocional e da vida continue fazendo a diferença no mundo.

Eu acredito! Autoestima e Profissão

Com amor, alegria e gratidão:

Suzane Guedes.

Recomendo que você leia também: Em Meio ao Caos: é Possível Ter Autoestima e Vivenciá-la?

[captura]

Suzane Guedes é Psicóloga (CRP 05/42766), Especialista em Psicologia e Desenvolvimento Humano – UFJF, Arteterapeuta clínica de formação junguiana – POMAR-RJ.

Atua nas cidades do Rio de Janeiro e Três Rios-RJ com atendimento clínico à crianças, jovens e adultos; ministra grupos e oficinas terapêuticas.

Contatos profissionais:

olharparasi@gmail.com

(21)96985-4954

Instagram: @olharparasi

 

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Carlos Costa

Carlos Costa

Psicólogo há 3 anos (CRP-06/122657), coach, empreendedor, músico, poeta e escritor. CEO e fundador do portal e plataforma “O Psicólogo Online”. Através de seus cursos e materias vem contribuindo com a psicologia e com os profissionais psicólogos para uma melhor prática da psicologia online no Brasil e com a valorização da profissão. É criador da plataforma de atendimento online “O Psicólogo Online” que auxilia psicólogos a agendarem e receberem por suas sessões de forma simples e segura.

Artigos recentes