Skip to main content

Afinal, o Que é Dependência Emocional?

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

“Se eu me amo, eu te amo. Se eu te amo, eu me amo.” (RUMI) 

O termo “ Dependência Emocional ” é pouco falado, porém muitos possuem comportamentos ou vivenciam sofrimentos que podem mostrar que estão em uma relação dependente.

Podemos observar, por exemplo quando alguém coloca sua felicidade nas mãos de outra pessoa e, com isso, passa a depender dela para ser feliz e amada. Ou quando o humor do outro passa a influenciar significativamente o seu dia, alterando também o seu.

Mas como saber diferenciar se a relação que estou vivenciando é dependente?

Os comportamentos do exemplo são os mais comuns de serem reconhecidos, eles podem ser sutis ou com maior intensidade, como quando a pessoa deixa de fazer coisas para si mesma, passando a viver para satisfazer o outro. Muitas vezes tornando isso um sentido de vida.

Leia Também: O complicado Jogo Das Relações Interpessoais

Vale a pena ressaltar que a dependência emocional ou afetiva faz parte do nosso desenvolvimento humano, em nosso estado mais imaturo e, conforme evoluímos, vamos em busca de nossa independência, é um processo natural.

Acontece que alguns não tiveram oportunidade ou temem buscar a autonomia – pois é realmente assustador pensar em crescer e obter novas responsabilidades – e acabam buscando apoio excessivo em outras pessoas, seja mãe, pai, namorado, filho, amigo ou marido.

Leia também: Como Ajudar Uma Pessoa Com Depressão?

Com isso, a dependência emocional ou afetiva, assim como qualquer outra, se transforma em um vício e a pessoa não se imagina longe do outro, se aprisionando cada vez mais.

Abaixo listarei alguns comportamentos que podem ocorrer em casos mais graves, segundo o manual de Classificação Internacional de Doenças (CID-10).

A pessoa que é diagnosticada com transtorno de personalidade dependente (F60.7) pode demonstrar baixa auto-estima, medo do abandono, dificuldade em expressar seus sentimentos e alguns comportamentos como os exemplos a seguir:

Comportamentos da Dependência Emocional:

  • Sente necessidade invasiva e excessiva de ser cuidado, levando a um comportamento submisso e aderente ao medo de separação;
  • Percepção distorcida sobre si mesmo, acreditando ser incapaz de funcionar adequadamente sem o auxílio do outro;
  • Dificuldade em tomar decisões de sua rotina, como por exemplo, que roupa vestir, para onde sair, etc.;
  • Tende ser passivo e permissivo demais com outra(s) pessoa(s);
  • Precisa ser aceito e aprovado, sendo assim, dificilmente traz uma opinião contrária do objeto amado;
  • Dificuldade em iniciar projetos ou fazer coisas de maneira independente;
  • Pode tomar atitudes extremas para receber carinho ou apoio;
  • Sente desconforto ou desamparo quando está sozinho;
  • Quando a relação é rompida, tende buscar rapidamente outra pessoa para conseguir o apoio para caminhar novamente.

Caso você tenha se identificado com algumas atitudes exemplificadas aqui, não se desespere, mas lembre-se:

“Para encontrar o ser amado, você precisa ser amado” (RUMI)

Esse é o primeiro passo! Você precisa ser seu melhor amigo… você precisa se amar. Afinal, como posso amar o outro sendo que eu não sei o que é o amor?

Além disso, é preciso investigar, através do processo de psicoterapia de onde vem seus verdadeiros medos: do abandono, de não ser aceito e o de ser julgado, para então trabalha-los.

Caso tenham alguma dúvida, ficarei feliz em ajudar! 😉

Beijos

Karol

Para Orientação Psicológica Online com a Karol Clique Aqui!

_MG_5231Karoline Lima é Psicóloga (CRP 06/121579), mora na capital de São Paulo, atua na clínica atendendo crianças, jovens e adultos e realiza orientação psicológica online. É palestrante e apaixonada por saúde emocional nas relações.

Contatos:
E-mail – karoline.lima-psi@hotmail.com
Telefone – (11) 94779-3309
Instagran: @karol.limas

3 thoughts to “Afinal, o Que é Dependência Emocional?”

  1. Ola meu nome é sueli. Gosto muito do teu Blog. Pois nos ajuda a entender a nos mesmos.Me considero uma pessoa depentende emocionalmente.Mas gostaria de saber que cinsigo mudar isso.num relacionamento amoroso me torno psicologicamente dependente da atencao da pessoa, de uma simples mensagem essas coisas quero mudar como fazer?Beijos e parabens pelo excelente trabalho! !

    1. Olá sueli, que maravilha que gosta do nosso trabalho, são comentários como o seu que nos motivam a continuar sempre! gratidão, vou pedir pra Karol te responder melhor ok, forte abraço!

    2. Olá Sueli!
      Como está?
      Aqui na minha coluna do blog eu coloco algumas dicas e textos que auxiliam no entendimento da Dependência Emocional.
      Entre em contato comigo através do e-mail ou telefone que ficarei contente em lhe ajudar.
      Segue meus contatos:
      E-mail: karoline.lima-psi@hotmail.com
      Tel. (11) 94779-3309

      Agradeço pelo seu comentário! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.