Skip to main content
Uso excessivo da internet

Uso Excessivo da Internet: Pais Fiquem Atentos aos Seus Filhos!

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Uso Excessivo da Internet

Uso Excessivo da Internet

Decidi escrever esse artigo por conta da triste notícia desta semana: a morte de um adolescente de 13 anos, que se enforcou em frente ao computador, no momento em que jogava online com amigos.

Essa notícia coloca, nós psicólogos, em estado de alerta, uma vez que trabalhamos também com crianças e adolescentes e temos responsabilidade em orientá-los, assim como aos pais.

Já falamos anteriormente em como o fenômeno da era digital têm contribuído para o aumento do índice de diagnóstico de transtornos de ansiedadeUso Excessivo da Internet

Esse comportamento de estar conectado na internet horas a fio, funciona como uma compulsão incontrolável, onde a realidade e a ficção se misturam na mente desses adolescentes.

Os jogos de desafios fazem com que se sintam compelidos e desafiados a fazer.

Cujo foco na competitividade entre os jogadores, não têm a dimensão do risco de vida que correm e muitas vezes, esses adolescentes não têm o desenvolvimento cognitivo apropriado para dimensionar até onde podem ir.

 

Recomendo que você leia também: Aos Pais, Cuidado! O Sexting Pode Afetar Seus Filho(as) de Forma Negativa!

 

Citamos aqui, outra “brincadeira” perigosa entre adolescentes que está acontecendo nas escolas: o Choking Game ou “jogo do desmaio”,.

Cujos movimentos têm por objetivo diminuir a quantidade de sangue no cérebro, com consequências gravíssimas à vida desses jovens.

As escolas têm estado vigilantes sobre essas ditas “brincadeiras”.

Hoje os pais que vêem seus filhos em casa, muitas vezes trancafiados em seus quartos, têm a ilusão de segurança, uma vez que não desligam o computador e muitos ainda pensam que precisam respeitar a privacidade de seus filhos.

 

Uso Excessivo da Internet Que privacidade? Privacidade é para adultos que já têm total desenvolvimento físico e psíquico!

 

As crianças e adolescentes são dependentes não só financeiros e sim psíquicos dos seus pais e cuidadores.

Eles precisam de orientação e acompanhamento de perto dos seus pais.

A formação adequada assim como seu desenvolvimento emocional precisam ser construídos junto com a família de forma assertiva, com diálogo, com relações afetivas de confiança e respeito.

Os pais têm que conhecer as preferências, os gostos, os amigos e, assim ter conhecimento dos sites que entram na internet.

Os adolescentes têm muitas dúvidas, medos, inseguranças, por isso os pais precisam estar próximos, precisam se colocar como os melhores amigos, em quem possam confiar!

Muitos pais nos falam: meu filho é fechado, eu não sei nada da vida dele! Uso Excessivo da Internet

Que seu filho tenha uma personalidade introspectiva e que deve ser respeitada, mas se desde tenra idade você construir uma relação saudável com ele, você, pai e mãe, só colherá bons frutos.

Se você sente dificuldade em relacionar-se com seu filho procure ajuda especializada.

Outro cuidado que se deve ter hoje: os inúmeros vídeos do Youtube, de livre acesso aos pequenos e adolescentes, com desafios impressionantes que despertam o interesse neles.

Isso se dá porque eles têm necessidade de mostrar aos outros, aos amigos mais próximos a capacidade que têm de superar desafios e se sentirem importantes e dizem de peito cheio e ego envaidecido: eu sou o cara!

 

Uso Excessivo da Internet Pais fiquem atentos aos seus filhos, não se omitam e se enganem ao pensar: meu filho fica só computador e não vejo nada de errado nisso!

 

Horas no computador, jogando jogos como esses, vendo vídeos inadequados à sua idade, com prejuízos sérios no rendimento escolar, inabilidade em manter amizades, comprometimento à saúde, pois não praticam atividade física, não comem e nem dormem adequadamente e muitas vezes nem se comunicam dentro da própria casa.

Outro fenômeno atual, o uso ininterrupto do celular. Basta você dar uma volta nos shoppings, nos aeroportos, e observar.

 

Uso Excessivo da internet: O vício em smartphone!
Uso Excessivo da internet: O vício em smartphone!

 

Todo mundo fissurado mexendo no celular.

O comportamento obcecado e repetitivo de teclar, proveniente de pensamentos agitados, onde a pessoa, muito comum nos adolescentes também, envia uma mensagem e quase tem uma sincope porque não visualiza uma resposta!

Assim estão os namoros, onde o olho no olho, o jantar a dois, a leitura da expressão facial não existe mais e as relações humanas estão cada dia mais superficiais.

O namorado envia um whatsap e termina o namoro.

Assim, de forma prática, sem sequer se importar com o sentimento da outra pessoa.

Então finalizo esse artigo com a dica.

Pare e pense: Porque nos últimos tempos estou tão ansioso(a)?

O que tenho feito para desencadear esse comportamento?

 

Uso Excessivo da Internet Primeiro se conscientize de que precisar mudar e depois, se perceber que não consegue sozinho(a), procure ajuda especializada.

 

Até o próximo artigo.

Psicóloga Rosânia Guimarães        

RosâniaRosânia de Fátima Guimarães Coaracy Muniz, psicóloga CRP 01/11302.

Atua na clínica atendendo crianças, adolescentes e adultos e faz avaliação neuropsicológica em Brasília/DF.

Contatos: email: rosania1.muniz@gmail.com

Fanpage: https://www.facebook.com/entendendoaansiedade [1]   

Compartilhe esse artigo!

Carlos Costa

Psicólogo (CRP 06/122657), Coach, Empreendedor, Músico e Poeta. Idealizador do projeto O Psicólogo Online que tem por objetivo produzir conteúdo informativo e educativo sobre psicologia, saúde mental e assuntos relacionados, além de prestar serviços de orientação psicológica online.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.