Skip to main content

Ser Mãe x Ser Sexual: As Mães Também São Mulheres!

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Ser Mãe

Por que dar uma panela de pressão para ela, se eu posso dar lingerie? Ser Mãe

Esta chegando uma das datas mais comemoradas e festejadas no Brasil. O mês de maio, é conhecido como o mês das Mães, todavia, esse texto vem apresentando a percepção que muitas vezes nós filhos, criamos de nossas “santas Mães”.

Mas afinal, são santas ou fazem sexo? Ser Mãe

Nunca nem passou pela minha cabeça, como os meus pais transam? Só de pensar, tenho mal-estar. (S. R. M.)

Quando penso em minha mãe, logo vem a minha memória: o rosto angelical, cuidadora, protetora, uma pessoa doce e amável, quem me fez e me criou… Ser Mãe

Ela pode até ter os defeitos dela, mas suas qualidades excedem aos seus erros.

Costumo dizer, que: os pais podem até errar em nossa criação, mas erram porque nos amam! É um excesso de cuidado aqui, uma falta ali, mas o objetivo final, é sempre proporcionar o melhor ao filho.

É sabido que nem todas as mães são assim, muitas fogem a essa regra: algumas rejeitam os filhos, outras são irresponsáveis no trato e cuidado, algumas abandonam… 

Afinal, elas são humanas, apesar da maternidade. Ser Mãe

A dificuldade está em nós filhos, de enxergar e aceitar essa humanidade que norteia a existência da figura materna, entretanto, todas as nossas crenças a respeito desse “Ser Mãe”, que persiste em nosso imaginário, estimula a projetar essa mãe como um ser purificado e santo.

As mídias sociais, a publicidade, ainda hoje apresentam presentes para casa, como se, após a maternidade, ela deixasse de viver seus sonhos, planos, desejos e demais… Ser Mãe

É como se, após a maternidade, ela preferisse ganhar uma panela de pressão, ao invés de uma bela lingerie ou produto erótico. Ser Mãe

E por vezes, esquecemos que antes de qualquer coisa, nossas mães são mulheres, como qualquer outra…

Antes de ser mãe elas são mulheres como todas as outras!
Antes de ser mãe elas são mulheres como todas as outras!

São dotadas de sentimentos, dores, prazeres, menstruam, sonham, possuem necessidades fisiológicas… Ser Mãe

Sentem vontade de dançar, brincar, cantar, ouvir uma linda canção, desejam ir ao cinema e jantar a luz de velas com o seu grande amor…

Apesar do título de mães, que segregam nessa tal felicidade que é dar a luz a uma vida, muitas querem mesmo é sentir-se mulher…

Não tenho dúvidas que muitas se realizam apenas sendo mães, todavia, é difícil para os filhos olhar para elas, como seres que desejam coisas como nós. Ser Mãe

Leia Também: Por Que Existem Homens Que Odeiam as Mulheres?

Para muitos filhos, é difícil pensar na sexualidade dos pais! Ser Mãe

Hoje perguntei para um grupo de colegas: quem aqui teria coragem de presentear a mãe, com uma noite no motel, ou com um acessório erótico?

Cem por cento, disseram que nunca teria coragem de presenteá-la dessa maneira. É claro o conceito que temos de uma mãe santificada se torna quase uma blasfêmia, pensarmos ou falarmos dela, enquanto “mulher”.

Caro leitor, seja filho, marido… Já pensou em qual presente de fato sua esposa ou sua mãe gostaria de ganhar?

Qual real homenagem ela gostaria de receber? 

Será que é um eletrodoméstico, um perfume, uma roupa?

Ou será que ela gostaria de ter uma tarde com as amigas, de dormir uma manhã inteira, sair para um belo jantar a luz de velas, ao cinema, ao teatro, ao motel com seu grande amor?

Como pensa que ela sentiria realmente homenageada, amada e querida, por seus filhos e companheiro, se ela o tiver?

Lembrem-se: as mães de hoje, não são as mesmas mães de 30 anos atrás…

Assim como você evoluiu, elas também, afinal, elas querem, como qualquer mulher, ser mulher e mãe. Pense nisso! Ser Mãe

Feliz Dia das Mães!

Leia Também: Infidelidade no Casamento: A Dor da Traição

julianoJuliano Coimbra dos Santos – CRP 16/3680. Psicólogo, Especialista em Sexualidade Humana, Especialista em Gestão Empresarial e de Recursos Humanos, Graduado no Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos. Atua como Psicólogo Clínico e como Psicólogo na Execução da Medida de Internação Socioeducativa no Instituto de Atendimento Socioeducativo do Estado do Espírito Santo – IASES. Diretor da JCSPSIC – Treinamento & Desenvolvimento Humano e atua como Professor do Centro de Pós Graduações – CESAP.

Contato: coimbraopsicologoonline@gmail.com

Compartilhe esse artigo!

Carlos Costa

Psicólogo (CRP 06/122657), Coach, Empreendedor, Músico e Poeta. Idealizador do projeto O Psicólogo Online que tem por objetivo produzir conteúdo informativo e educativo sobre psicologia, saúde mental e assuntos relacionados, além de prestar serviços de orientação psicológica online.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.