Skip to main content
Estresse

10 Doenças Causadas Pelo Estresse Que Você Precisa Saber!

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Você é uma pessoa que vive em constante estado de estresse? Se sua resposta for afirmativa, infelizmente tenho que lhe dizer que você corre um grande risco de adoecer ainda mais. Você deve estar se perguntando: Mas quais são as doenças causadas pelo estresse? Neste artigo você vai conhecer 10 doenças causadas/relacionadas ao estresse.

Já tínhamos visto no artigo O Que é Estresse: Causas Sintomas e Tratamentos que são diversas as doenças causadas pelo estresse. Dentre elas estão as dores de cabeça, dores no corpo, problemas digestivos, etc. Agora vamos nos aprofundar um pouco mais em 10 doenças causadas pelo estresse para que você possa combatê-las.

10 Doenças Causadas Pelo Estresse

#1 – Transtornos Alimentares

Dois dos principais transtornos alimentares que são a Anorexia e a Compulsão Alimentar podem ser causadas pelo estresse. Muitas pessoas acabam adquirindo distúrbios alimentares quando passam por constantes situações de estresse. Dessa forma ou a pessoa passa a comer demais, pois a alimentação é uma das formas de satisfazermos nosso organismo e traz a sensação de prazer ou a pessoa deixa de comer, pois o estresse faz com que ela perca a fome o que pode ser caracterizado como Anorexia caso isso se estenda por muito tempo. Cada pessoa lida de maneira diferente diante desses transtornos, dessa forma o tratamento deve ser específico para cada indivíduo. Os 3  principais profissionais que podem fazer o tratamento são o Psicólogo, o Nutricionista e o Médico.

#2 – Doenças do Coração

ataque cardiáco
ataque cardiáco

Ainda não se sabe o porquê exatamente, mas pesquisas aprontam que pessoas estressadas tem mais chances de ter pressão alta e problemas do coração. O Estresse pode aumentar o fluxo sanguíneo e a frequência cardíaca, além de provocar a liberação de colesterol e triglicérides no sangue.  Também é possível que o estresse esteja relacionado ao vício em cigarro e a obesidade, que aumentam diretamente os riscos cardíacos.

Os médicos relatam que o estresse pode ser o desencadeador de problemas graves no coração e aumenta o risco de ataques cardíacos. Por conta disso, pessoas que tem problemas cardíacos crônicos devem evitar ficarem estressadas e aprenderem a lidar de maneira tranquila com as tensões do dia-a-dia, o que pode ser alcançado meio da psicoterapia.

#3 – Asma

Vários estudos apontam que o estresse pode agravar as crises asmáticas. Há evidências de que o estresse crônico dos pais podem aumentar o risco de desenvolver asma em seus filhos. Um estudo analisou como pais estressados poderiam elevar os riscos de seus filhos adquirirem asma. Comparados a crianças que foram expostas a poluição do ar, ou cujas mães fumaram durante a gravidez as crianças com pais estressados apresentavam um risco substancialmente maior de desenvolver asma.

#4 – Diabetes

São duas as principais formas de o estresse agravar o diabetes. Primeiro ele aumenta a probabilidade de maus comportamentos como a alimentação não saudável  (como vimos anteriormente) e aumenta a probabilidade das pessoas beberem excessivamente. E em segundo ela parece aumentar os níveis de glicose de pessoas com diabetes tipo 2.

#5 – Dores de Cabeça

dores de cabeça
Dores de cabeça

O estresse é considerado um dos principais causadores de dores de cabeça. A maioria das pessoas estressadas reclamam de constantes dores de cabeça, cujas quais não passam nem a base de remédios. Além das dores de cabeça comuns, o estresse também é responsável pela enxaqueca.

#6 – Depressão e Ansiedade

Muito provavelmente não seja novidade para você que o estresse pode estar diretamente ligado a maiores taxas de depressão e ansiedade. Um levantamento feito com estudos recentes demonstraram que pessoas que sofriam de estresse relacionado ao trabalho (como casos de muito trabalho e baixa remuneração) tiveram um risco 80% maior de desenvolver depressão dentro de poucos anos, comparadas a pessoas com menores níveis de estresse.

#7 – Doença de Alzheimer

Um estudo com animais apontou que o estresse pode aumentar o risco de desenvolver a doença de Alzheimer, fazendo com que as lesões cerebrais ligadas ao Alzheimer se formem mais rapidamente. Em contrapartida alguns estudos apontam que a redução do estresse podem retardar significativamente a progressão da doença.

#8 – Envelhecimento Precoce

envelhecimento precoce
envelhecimento precoce

Na verdade, há evidências de que o estresse pode afetar a forma que você sente e vê sua própria idade. Um estudo comparou o DNA de mães que estavam passando por períodos de alto estresse (mães que estavam cuidando de filhos com algum tipo de doença crônica) com mulheres que não sofriam de estresse. Os pesquisadores descobriram que uma determinada região de cromossomos mostraram os efeitos do envelhecimento precoce. O estresse parecia acelerar o envelhecimento cerca de 9 a 17 anos adicionais. Ou seja, uma pessoa com 30 anos que sofre de estresse crônico pode aparentar ter entre 39 e 47 anos de idade.

#9 – Insônia

Situações estressantes podem causar ou agravar quadros de insônia. O estresse ligado a problemas familiares, problemas no trabalho, problemas econômicos ou problemas de saúde podem gerar problemas para dormir ou levar a interrupções do sono durante a noite.

#10 – Prisão de Ventre

prisão de ventre
prisão de ventre

A flora intestinal pode ser desequilibrada por conta do estresse crônico. Pois afeta o comportamento do indivíduo, que passa a ir ao banheiro com menos frequência, faz uma alimentação irregular e pouco saudável, bebe menos água e pratica menos exercícios físicos o que pode agravar ou contribuir para a prisão de ventre.  Além disso, o estresse diminui o sistema imunológico, o que pode contribuir para o desenvolvimento de resfriado, herpes, gripe, psoríase e vírus e bactérias causadoras dessas doenças.

Para Atendimento Psicológico Online Clique Aqui!

Fonte: webmd

Compartilhe esse artigo!

Carlos Costa

Psicólogo (CRP 06/122657), Coach, Empreendedor, Músico e Poeta. Idealizador do projeto O Psicólogo Online que tem por objetivo produzir conteúdo informativo e educativo sobre psicologia, saúde mental e assuntos relacionados, além de prestar serviços de orientação psicológica online.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.